Out 27 2010

Quais as razões?

Publicado por as 12:45 em A minha cidade

Que levaram a Direcção do Despertar de Beja a extinguir a sua secção de basquetebol? Provavelmente as razões já são públicas, mas eu ainda não as ouvi ou li.
Esclareçam-me lá, s.f.f.!

Share

12 Resposta a “Quais as razões?”

  1. Observador diz:

    Aposto que foi para investir na equipa de futebol sénior na tentativa de subir à 3ª divisão nacional.

  2. Pedrada no Charco... diz:

    O presidente da direcção justificou no DA como fim de um ciclo a modalidade de basquetebol no Despertar.

    Sabem que o assunto deveria face aos estatutos só ser decidido em Assembleia Geral, mas este presidente comuna é daqueles que eu quero posso e mando, e a ditadura é assim que funciona e funcionou numa secção com cerca de 20 anos e muitos títulos, no mais antigo clube da cidade de Beja porque a maior parte dos praticantes / sócios, não eram da côr, entenda-se !

  3. AVLISESTE diz:

    Que grande pedrada…… e quem não quizer ser lobo, não lhe vista a pele !
    Se fosse só comuna…. mas o pior defeito que ele tem é ser arrogante; quer parecer-se ou ser o Pinto da Costa do Alentejo.
    Mas temos de reconhecer que quando ele abandonar o “barco”, vai acontecer ao Despertar o mesmo que está a acontecer ao Desportivo. (e o mau jeito que isso nos vai dar ? é de ficar preocupado!)
    Todas as instituições desta natureza (Despertar, Desportivo e outras) há muito que vivem unicamente para prazer dos seus dirigentes, os quais, estúpida e arrogantemente exigem ao comércio local e autarquias que lhes financiem os seus mais que discutiveis hobies em nome de um pretenso fomento ao desporto de duvidável interesse.
    Amor à camisola….. isso são águas passadas, já lá vai !
    Quem quer peixe…. molha o trazeiro e quem quizer ovos que os ponha !
    Boa malha a de JPV quando cortou na merenda a estes senhores.

  4. JC diz:

    “face aos estatutos só ser decidido em Assembleia Geral”
    E sabem quem é o Presidente da Assembleia Geral?
    Está tudo dito…

  5. Qualidade da Democracia diz:

    Já agora quem saiba diga o nome de todos os corpos sociais.

    Não existirá um grupo de sócios no Despertar que face ao exposto não pede a convocação de uma Assembleia Geral ?

  6. Rasga diz:

    O presidente da AG é um tal de Justino Engana, ele é que deveria convocar uma AG para esclarecer a situação. Se ele não convocar teremos de ser nós os sócios a exegir.

  7. ammp27 diz:

    Agora, a malta que realmente deu tudo pelo basquetebol de Beja vai continuar …

    http://bejabasketclube.blogspot.com/

    Força rapazes!

  8. tigre alentejano diz:

    … falar é fácil…. dirigir hoje é complicado. Muitos clubes estão mortos ou em fase de encerramento. Estes senhores que muito falam, avancem e formem listas. Os actuais dirigentes perante as fificuldades financeiras que se multiplicaram por 5 na última década, são apesar de defeitos – e quem não os tem?, uns escravos, pois muitos trabalham gratuitamente e ainda são insultados.

  9. Carlos Gomes diz:

    @AVLISESTE – apenas hoje e agora li o seu comentário. Sou um desses que você acusa de estúpida e arrogantemente exigir do comércio local …que me satisfaça os discutíveis hobies em nome de um pretenso fomento ….
    Não me via tão preverso e tão buçal.
    Esqueci-me foi de andar a incomodar comerciantes, industriais e presidentes de câmara. Distraí-me a criar condiçoes para dezenas de jovens poderem praticar actividades desportivas de forma regular e organizada em vez de me sentar a dar palpites e debitar juízos duvidosos.
    Haja paciência para tanta estupidez.

  10. AVLISESTE diz:

    Sr. Carlos Gomes:
    Se não andou a incomodar comerciantes, industriais e presidentes de câmara, então deve ser um mecenas, dando do seu bolso, ou então, um caso único em que as quotas da sua “agremiação” eram / são suficientes para custear toda a sua actividade desportiva de forma regular e organizada, como diz. Se assim é ou foi, parabéns, mas olhe que isso não se passa na generalidade.
    Se o sr. tem conseguido esse magnifico desempenho a espensas próprias, talvez fosse interessante passar a receita a outros, que andam sempre na “pedincha” e à esmola e por vezes a deixar dividas e calotes no comércio local e na banca.
    Estarei a falar chinês?

  11. Carlos Gomes diz:

    @AVLISESTE: a receita é simples. Uma grande dose de generosidade de todos, a que se acrescenta uma gestão espartana das receitas, aquecida com uma grande capacidade para dialogar e ouvir. Os ingredientes colhem-se nas quotizações dos sócios, nas receitas geradas nas modalidades, na publicidade paga por quem quer ver a sua marca nos recintos de jogos, nos equipamentos, nos veículos e na blogosfera, nos espaços cedidos para exploração e ainda no apoio institucional que resulta do cumprimento escrupuloso dos critérios oficialmente estabelecidos
    Finalmente garanto-lhe que não há calotes no comércio local e na banca, nem tão pouco exercícios de esmola e pedincha.
    Aliás, se o cenário fosse aquele que ensaia, já o património se tinha diluído para pagar aos credores.
    Quando quiser falar do dirigismo das pessoas colectivas que estatutariamente pugnam pelo desenvolvimento desportivo e ou cultural (vulgo colectivades) faça o favor de não generalisar.

  12. AVLISESTE diz:

    Carlos Gomes:
    Assim sendo e não duvido do que diz, dou-lhe os parabens, porque como sabe, os exemplos concretos daquilo que referi, abundam na cidade e não só (dos quais, alguns, infelizmente tenho conhecimento de causa).
    Se o seu cenário é como diz, está correctíssimo! Os casos ao contrário, que infelizmente, são muitos, deviam ser punidos como crimes públicos, já que por vezes, além de malbaratar o erário e contribuições, ainda se pavoneiam e riem de quem, generosamente os ajuda.
    Se efectivamente é como diz, continue e multiplique o seu exemplo: Todos ficamos a ganhar !