Ago 04 2010

Fruta da época

Publicado por as 10:50 em Geral

Não se entendem muito bem estas críticas do deputado Ameixa, até porque o PS não serve de exemplo com as suas habituais trocas de deputados eleitos que, por isto ou por aquilo, desaparecem para outras paragens e a gente nem chega a saber quem são ou como se chamavam. Perestrelo, seria?
Mas pronto, isto são coisas que acontecem nesta altura do ano e nem o PCP está imune às baldrocas das cadeiras que rodam.
Eles que se entendam!

Share

7 Resposta a “Fruta da época”

  1. MARIA DE FLORES diz:

    Seria importante que os 2 deputados do PS tivessem metade da combatividade na defesa do seu Distrito que o deputado do PC tem tido.
    Das poucas vezes que têm dito alguma coisa têm seguido unicamente a voz do dono .
    Limitam-se a fazer uma visitas ás 2 ºs feiras aos seus camaradas que controlam a Administração Publica Local e mais nada.
    Opiniões sobre assuntos importantes do Distrito é coisa que que são incapazes de emitir.

    Nota : A Maria Flores está politicamente nos antipodas do PC e de José Soeiro.

  2. " Hobby and lobby " diz:

    As Ameixas mesmo ” maduras ” ainda dão alguma verdade política, não esquecer o trabalho por vezes invisível para os comuns cidadãos da antecipação do projecto Alqueva ( 15 anos ), do Aeroporto Nacional ou Internacional de Beja e da auto-estrada Sines – Beja, a chamada IP 8, são projectos de dimensão e de desenvolvimento no Baixo Alentejo e em Portugal.

    É bom ter memória …

    O ter sido recordista de número de apresentação de requerimentos, e das ajudas de custo das deslocações um pouco por todo o distrito de Beja, o ” fazer muito não é e não foi sinónimo de fazer bem ” por parte do afastado deputado José Soeiro do PCP / CDU.

  3. MARIA DE FLORES diz:

    “Hobby and lobby ” estamos perante uns politicos ” ameixas ” de dimensão Mundial.Uns autênticos fenómenos com uma brutal capacidade de influência e realização.
    Não se esqueça que Alqueva é um projecto transversal a diversas forças politicas
    Enquanto aos outros só temos assistido a uma permanente e vergonhosa mentira.Desde um Aeroporto sem aviões a um IP8 que não sai do papel.Também devem ter colaborado intensamente no desvio de Serviços para évora !!!!

  4. Anónimo diz:

    O sr. Ameixa gosta muito de dizer coisas e que falem dele … nem que seja para dizer mal. Quanto a “obra (não) feita” a sua passagem pela Câmara de Ferreira diz tudo … Enfim … gente pequenina com mentalidade provinciana no pior sentido.

  5. Republicano diz:

    Maria das Flores se José Soeiro está a fazer um bom trabalho na defesa do interesse público do Baixo Alentejo, não defenda a sua aída ou será que também a senhora se conforma com a “exploração ao homem” que é feita pelo PCP em deterimento da cuasa pública e do interesse público? Cuidado com os antagonismos!

    O Alqueva é um projecto tranversal às diversas forças políticas, mas foi o PS que o fez, e foi o PS que depois do deserto de lançamento perspectivado pelo Governo PSD o pôs finalmente em marcha. Quanto ao aeroporto de Beja, quem é que acredita no futuro da sua região e não acredita na mais valia que é um aeroporto aqui, ou em qualquer região do mundo?

    Tenha cuidado com o caroço da ameixa…

  6. tranbalazanas diz:

    Meu caro Republicano:
    Tenha em atenção o seguinte:
    O projecto Alqueva foi iniciado pelo governo do prof. Cavaco Silva e não como afirma pelo governo PS, encabeçado por o eng António Guterres.

    Quando este foi para o governo, estava tudo aprovado pela U.E., era irreversível.

    Essa afirmação tem sido sistematicamente defendida pelos sucessivos governos PS, o que não corresponde à verdade.
    Investige e descubra a verdade.

  7. cuco diz:

    @tranbalazanas

    Quem tem que investigar melhor o Senhor. A decisão de construir o Alqueva, com ou sem apoio de Bruxelas, foi de Guterres. Então, apenas existia uma parede onde escreveram “construam-me porra”.
    Cavaco nem queria ouvir falar de tal.
    Os Governos de Barroso e Santana quase “congelaram” o projecto.
    Quanto ao aeroporto, ainda que não o tenha referido, mas para quem emitiu outras opiniões, é necessário lembrar que quem lançou o projecto foi, uma vez mais, Guterres. Depois do esquecimento dos governos PSD em relação ao projecto, lá veio Sócrates relançar e terminar a obra. Com atrasos? É verdade. Mas fez. Não me lembro de ver o Picarta falante do Soeiro, ou do Rodeia lá, a saudar o projecto. Pelo contrário. Para esses, quanto pior melhor. E agora defendem-nos como grandes trabalhadores. Em abono da verdade, trabalho foi aquilo que nunca fizeram na vida.
    Quanto ao IP8, bem, está muito atrasada a sua construção, mas já tem decisão e obra no terreno, e uma vez mais por quem? Responda quem for intelectuamente honesto.

Deixe Uma Resposta