Mai 28 2010

Passos Coelho próximo da maioria absoluta

Publicado por as 9:08 em Geral

O barómetro de Maio da Marktest, para o Diário Económico e TSF, retrata a perda de intenções de voto à esquerda e uma subida substancial à direita, com destaque para o PSD que ganhou no último mês quatro pontos percentuais e alcança agora os 44%, o PS que cai seis pontos para os 28% – o valor mais baixo desde que José Sócrates é líder – e o CDS que resiste à subida dos social-democratas e passa de cinco pontos em Abril, para os 8% em Maio.

Ler aqui.

Share

7 Resposta a “Passos Coelho próximo da maioria absoluta”

  1. " Esperança " diz:

    Não é só a vitória …

    A maioria absoluta está aí mesmo …

    Mas sondagens valem o que valem e o acto eleitoral que se segue é as presidenciais, porque legislativas, agora não !!!

    As crises nacional e internacional, não aconselham mas o futuro a alguém pertence ???

  2. JP diz:

    mais do mesmo, mais 1 bem-falante que vai pegar nos cacos restantes deste Pais
    os betos do PP, e sempre a mesma cantiga: cada vez que os jotas sobem, eles voltam a ser o partido do táxi

  3. Reinaldo Louro diz:

    É preciso ter fé,
    Mesmo em tempo de ilusões,
    Mas é demasiado prematuro em crise,
    Os números no tempo político são muito curtos .

    Não é para rimar, mas é para dizer a verdade, acredite quem quizer, o resto depende de todos nós cidadãos chame-se ele o PM do governo de Portugal, o eng. José Socrates ou o dr. Passos Coelho .

    Quando o corte do subsídio de natal for anunciado, outras trombetas a nível nacional irão tocar e agravar muito mais em Portugal e um pouco por toda a Europa o nível de vida de de todos e a contestação social .

    Não é ser ET é ser realista, consumir não pode ser mais elevado do que produzir, senão é ser autista e caminhar para a morte !

  4. Paulo Nascimento diz:

    esta sondagem foi realizada antes ou depois do pedido de desculpa de Passos Coelho ?

  5. Português Honesto diz:

    Mas quem é que acredita nestas sondagens, quer dizer que o Dr. Passos Coelho em meia duzia de meses consegue estar perto da maioria e sem ter ainda feito nada, não briquem mais aos políticos.
    È com os fracos políticos que temos desde o 25 de Abril e que apenas estão na política para proveito deles das famílias e dos amigos que País está como está.
    Mais cedo ou mais tarde teriamos que enfrentar uma crise, não foi mais cedo porque sempre vinha ajuda da CEE e mais algum património que se ia vendendo sempre ajudava, agora não me tentem convencer que o Dr. Passos Coelho é melhor que os outros porque nessa eu já não acredito.
    Para se ganharem eleições vale tudo, e as sondagens fazem parte do jogo político.

  6. Anónimo diz:

    Eles “andem” incomodados. Porreiro pá 🙂

  7. tigre alentejano diz:

    Com o PS em queda, é natural que o eleitorado instável (PS ora PSD) do centro, vá ao encontro da nova liderança de Coelho. A questão que se coloca não é a queda do PS, é antes quanto tempo vai ainda estar agarrado ao poder????