Jan 26 2010

Reforma agrária

Publicado por as 9:10 em Geral

A Radio Voz da Planície (Beja) abriu hoje o seu noticiário com uma importantíssima notícia: “Comemoram-se hoje 35 anos do início da Reforma Agrária (RA)”. Terá sido naquele longínquo dia que o patrão-sindicalista Soeiro, em plenário, deu luz verde às ocupações de herdades e explorações agrícolas no Alentejo, com os resultados que todos conhecemos.
Na sua prática de isenção informativa a RVP não se limita a dar a notícia. Foi ouvir o camarada Soeiro que, como é óbvio, considera a data histórica. Não soube a estação de rádio ouvir mais nenhum dos protagonistas do processo da Reforma Agrária (agricultores, trabalhadores, exploradores, explorados, ex-mfa, gnr, cidadãos comuns, etc…). A RA foi o PCP e nada mais.
Assim se vê a isenção da erre-vê-pê (RVP).

Share

38 Resposta a “Reforma agrária”

  1. X diz:

    Este post é uma não noticia João!! Noticia era o inverso: “Assinalam-se hoje 35 anos do inicio da Reforma Agrária RA. A érre vê pê foi ouvir agricultores, trabalhadores, exploradores, explorados, ex-mfa, gnr, cidadãos comuns, e o deputado José Soeiro para dar um novo olhar sobre este período da história” Isto sim, era noticia, pelo conteúdo, pela forma e especialmente pelo interlocutor! 🙂

  2. " Hobby and lobby " diz:

    Este mesmo José Soeiro, agora deputado na Assembleia da República era depois do 25 de Abril o presidente e responsável nº 1 do Sindicato dos Trabalhadores Agrícolas de Beja / Baixo Alentejo, e era ele o ” INVASOR ” das propriedades de todos os privados e o ” ELO ” de ligação ao PCP, para estas dramáticas e históricas iniciativas, e como ” tacho ” está hoje onde está !

  3. Zei diz:

    Grande bandido este Soeiro, ele que vá lá para a terra dele.
    Já se começou a escorraçar esta trupe de comunas, mas ainda restam alguns de pedra e cal

  4. Anonimo diz:

    A isenção informativa da Radio Pax faz-me lembrar a isenção informativa e partidária deste Blog.

  5. Anonimo diz:

    Então e não publicam o “fim da volta ao Alentejo”??

  6. João Espinho diz:

    @anónimo – sobre as isenções da radio Pax não me pronuncio.

    Já quanto a este Blog:

    – isto não é uma agência informativa
    – é mais isento que o seu comentário

    “Então e não publicam o “fim da volta ao Alentejo”??” – quem?

  7. ALDEÃO DE BALEIZÃO diz:

    O Camarada Soeiro , segundo creio naquela época recem chegado das Franças para onde tinha marchado por razões que nada tinham a ver com a Politica , aproveitando-se da ignorância de alguns e da cobardia de outros(Exército , Técnicos Superiores do Ministério da Agricultura , Bufos da PIDE que rápidamente aderiram ao PC), liderou no nosso Distrito aquilo a que nunca se pode chamar Reforma Agrária mas sim um roubo organizado e liderado pelo Partido Comunista.Ainda hoje muito do atraso que se verifica na nossa Região se deve á destruição que todo o sector agricola sofreu naquela época.
    Os camaradas do PC e seus consultores deveriam ter tido a consciência que não possuiamos os solos fertéis da Ucrânia , nem as precipitações da Polónia.Já nessa altura os nossos solos eram pobres , sem hipoteses de serem explorados de uma forma distinta.Veja-se a Reforma Agrária , em condições ideais de solos e climas , que foi realizada na ex-URSS.
    Aqueles que comemoram a Reforma Agrária deveriam chorar de vergonha e ver ” a merda ” que provocaram.
    Todos aqueles que viveram essa época concerteza que deixarão aos seus filhos o testemunho do roubo descarado e sem vergonha , a violência das Brigadas do PC muitas vezes com a conivência vergonhosa do Exército e da GNR , a marginalização daqueles que viviam da terra , a vergonhosa prisão de pessoas ” cujo crime ” consistia em serem agricultores.As bombas e as morte provocadas pelas FP´S – 25 , chefiadas por um cobarde paranóico que fazia parte do Exército.

  8. Celso diz:

    Em nenhum país, na história da Humanidade houve reforma agrária que tivesse resultados positivos. Em toda parte, só trouxe miséria e fome. A tal ponto que praticamente todos os países em que houve Reforma Agrária revogaram as respectivas leis. Assim foi na Rússia, na Ucrânia, na Hungria, no Chile, em Portugal, no México, em Angola e até na China comunista. Além de que, como está previsto na Declaração Universal dos Direitos Humanos de 1948, “…todo o homem tem direito à propriedade,só ou em sociedade com outros…”, e aqui a parte mais importante, “…ninguém será arbitrariamente privado da sua propriedade.” Artigo 17 de 1948…perceberam, toda a vergonha que se passou foi no mínimo….ILEGAL !!!
    O resto que se possa adiantar sobre este assunto será certamente conversas de merda, mórbidas e nostálgicas entre os comunistas soeiro e engana. Já agora, porque não comemorar o dia em que a tia morreu…..acho mais legitímo e menos mórbido.

    Cumpts,

  9. Celso diz:

    Já agora, isto é tanto uma notícia como aqueles que lá trabalham são jornalistas. Mais um tropeção para me dar razão ao que disse noutro post atrás. Sinceramente…..tenham VERGONHA da ridícula rádio onde exercem não sei bem o quê…..não estão a honrar os principios pelos quais se rege a profissão. Devem estar amordaçados porque caso contrário não consigo compreender como é possível que se identifiquem com a linha editorial da mesma. Caso ainda não lhes tenham dito, e apesar de quem manda lhes fazer ver o contrário, as vossas notícias não são notícia. O resultado do trabalho desenvolvido por vocês faz-me lembrar a anedota do tal que abria o buraco, para depois vir outro a seguir deitar a semente e ainda um terceiro elemento para tapar o mesmo – no dia em que o que deitava a semente faltou, os outros dois continuaram na mesma : abre buraco, tapa buraco, abre buraco, tapa buraco. Sem se questionarem porque tinham que o fazer ou sequer se o trabalho dava frutos mesmo sem lançar a semente à terra. Tenho dito.

    Cumpts,

  10. Bejense diz:

    Mudando de assunto ……….

    Já alguém reparou no novo site da CM Beja????

    Será que é desta que vamos ter um site a sério?

    Numa primeira opinião deixo os parabéns, á primeira vista está muito bom.

  11. João da Silva diz:

    Talvez até faça sentido comemorar a Reforma Agrária. Sobre o ponto de vista histórico e sociológico, e até aprender alguma coisa com os ensinamentos dos erros e virtudes desses tempos. Os porquês que levaram a que tivesse o seu relativo sucesso. O ambiente social e e conómico do Alentejo dos anos que a precederam. E qual o seu contributo para as gerações vindouras.

    Agora não de uma forma saudosista, até porque o substacto em cujos fundamentos se baseou, “pifou”/”kaput”, em todos os locais onde foi experimentado.
    A titulo de exemplo, refiro que tive há cerca de um ano em Israel, e fui visitar lá um Kibut. Para quem não sabe, trata-se de cooperativas agricolas de orgânica socialista, criadas pela diáspora judia quando regressou à Terra Santa. e que embora tivessem funcionado muito bem nos decénios iniciais, apresentam hoje problemas insolúveis quanto à sua sobrevivência económmica.
    E cuja única hipótese é pura e simplesmente a sua completa e total privatização.

  12. jose diz:

    Há coisas que nunca percebi muito bem, e aproveitando o facto de me parecer haver por aqui quem me possa exclarecer, permitam-me perguntar:

    Existe alguma relação entre viagens/fuga/emigração para França e roubos de automóveis ?

    Nesses tempos, era lógico/viável/legitimo, uma pessoa não ser trabalhador agricola e ser presidente e responsável nº 1 do

    Sindicato dos Trabalhadores Agrícolas de Beja / Baixo Alentejo ?

    Nessa altura a organização do partido era tal que (não)requeria experiência na “área” para a contratação de quadros nesse sindicato ?

  13. Miguel Bento diz:

    Carlos Espinho:
    Sigo o seu Blog com atenção por lhe reconhecer mérito. Aprecio a forma como se assume politicamente, e isso é de salientar num tempo em que todos, ou quase todos, se dizem “sonsamente” de independentes. Discordo muitas vezes das apreciações que faz. Mas isso não será muito importante, porque as coisas são o que são.
    Não posso no entanto ficar “calado”, com o comentário absolutamente desprositado, ainda por cima em tom jucoso, que faz acerca da notícia da RVP e sobretudo do José Soeiro., figura central nesse processo, sendo assim, e jornalísticamente falando, plausível que aquela estação de rádio ouça a sua opinião.
    De facto, quer você goste ou não, a RA foi um acontecimento de extraordinária importância no sul e em particular no Distrito de Beja, no campo social, económico, social, cultural e político. Todos podemos ter opinião, você e eu também. Agora o que você não pode fazer é negar a história. E a história recente da nossa região ficou marcada por esse fenómeno, que pelo facto de “estar ainda fresco”, causa tantas emoções, que levam aos comentários infelizes como o que fez. Aliás, se a comunicação social regional quer estar , efectivamente, ao serviço da região, deveriam (todos os orgãos), virar-se para aqueles temas de especial importância para as pessoas que cá vivem. Independentemente da opinião de cada um.
    Penso que seria mais interessante do que as pseudo – notícias “masturbatórias” com que alguma imprensa regional nos tem massacrado ultimamente, sempre que o novo presidente da Câmara de Beja, decide fazer coisas tão importantes como mudar de gravata, ou repetir as mesmissímas frases feitas , que durante sete anos usou em Mértola e com tão nefastos resultados.

  14. tigre alentejano diz:

    Pintaram as paredes da minha casa “Fascista”. Não compreendi então, era criança e porque os meus pais apenas tinha uns 5 ha com 80 oliveiras. Como posso perdoar a este Comunismo cego?

  15. João Espinho diz:

    @miguel bento – obrigado por seguir com atenção o meu blog. Isso dá-me força para continuar.
    Quanto ao resto, respeito-lhe a opinião.

  16. tino perdido diz:

    A Reforma Agrária vista pelos olhos de Soeiro será sempre afunilada e tangida por uma paixão (e as paixões são cegas, como sabemos muito bem!). Soeiro, figura central do processo, é uma testemunha decisiva, mas falta à RVP a habitual coragem para escutar as outras testemunhas e, desse modo, emprestar à notícia o equilíbrio necessário e justo que proporciona ao ouvinte a sua própria interpretação.
    Não creiam que a RVP faz isso inocentemente: a RVP é o par de olhos do PCP no que diz respeito à informação, datada ou da actualidade. Nada de estranho, portanto!

  17. Proposta Séria diz:

    Curiosamente(ou talvez não) também a TSF, esse antro de perigosos comunistas, está a fazer um trabalho sobre o ínicio da Reforma Agrária e curiosamente também vão ouvir o José Soeiro.
    Assim se vê a independência da Tê Sê Fê (TSF)
    Isto está tudo infestado de comunistas. E não se pode exterminá-los?

  18. João Espinho diz:

    Ó proposta séria. Não se faça de parvo e não desvie a conversa. Leu o que eu escrevi, não leu? Portanto, deixe lá a “tê sê fê” e o Carlos Júlio em paz. Ou está a querer comparar as duas estações de rádio?!!!

  19. Proposta Séria diz:

    Não é comparável uma estação com a outra, foi pura casualidade as duas estações tratarem a mesma matéria e ouvirem o mesmo protagonista.

  20. João Espinho diz:

    @proposta séria – você a dar-lhe e a burra a zurrar. Quer apostar em como o Carlos Júlio não se limita a ouvir o deputado comunista?

  21. Proposta Séria diz:

    E voçê quer apostar como o trabalho do Carlos Júlio é uma grande reportagem que ele está a preparar se calhar á meses e vai ter perto de uma hora de emissão?

  22. Proposta pouco séria diz:

    Proposta séria:
    A RVP a preparou a não noticia abordada neste post com quanto tempo de não trabalho jornalístico? 35 anos?
    Ou foi coisa de :”Éh lá!!!! Tá a fazer anos da RA!!! Temos de comemorar* isto pá!! Telefonem lá ai ao camarada Soeiro que ele teve lá!!!!”

    Tenho as minhas duvidas que se tivesse ouvido na redação algum/a jornalista* dizer (ou talvez até pensar*): “Em vez de comemoração, que tal colocarmos ‘Assinala-se a data’ e ‘já que faz 35 anos e existe um certo afastamento temporal vamos também ouvir outros pontos de vista e fazer um trabalho jornalistico sério do assunto'”

    *pois!

  23. Celso diz:

    É naturalmente salutar, haver vozes discordantes e opiniões diferentes sobre os mais variados assuntos. É daí que surge a discussão para que esses ditos assuntos sejam esmiuçados e se chegue a uma evolução, que se pode traduzir em consenso ou não, mas pelos menos existirá mais informação para nos debruçarmos sobre os mesmos.
    Para que isso aconteça, será sempre necessário que essas opiniões divergentes se apoiem em factos minimamente admissíveis para gerar essa discussão.
    Dito isto, tenho a dizer que ainda não encontrei aqui neste tema da RA nenhuma opinião que obedeça aos critérios que atrás referi. É só.

    Cumpts,

  24. El Juanito diz:

    RVP ou RVPCP?! 🙂

  25. lx diz:

    Ex.mo Senhor João Espinho
    Atento tenho estado ao esmiuçar do seu blog Praça da República, depois de analisar profundamente desde meados de Janeiro todos os comentários aqui publicados, cheguei a uma trsite conclusão, que o Senhor tem uma falta de informação, formação civica e politica a todos os niveis.
    Continuando em relação ao crime municipal tem muito que se lhe diga, uma vez que sete novo executiva é de uma falta de credebilidade civil perante a população de Beja, prometendo evolução à cidade, o qual ainda não fez nada, mas sim preocupando-se sistemáticamente numa perseguição extrama facista, por parte do senhor JPV, juntamente com o seu executivo mal preparado e sem perfil algum para orientar uma cidade, mas sim tem um excelente poder de peixeirada, mesquenhisse à perseguição aos trabalhadores e assédio laboral. Daí o meu conselho profundo que faça um estudo o que é a liberdade que tanto falam, pois o que se está vendo é o regresso da pide à cidade de Beja. Mas o povo continua atento. A si e aos seus amigos do executivo, bons tempos não virão para todos Vós, pois o casamento que fizeram PS, PSD e CDS-PP, independente frustrados ou vira casacas tem que se notar, quando é que se resolvem a cobrar fazer? Será despedindo trabalhadores antigos sérios e competentes por malta vossa para pagar esses referidos favores? Será isto a chamada democracia que tanto é falada por Voçês? Deixo aqui uma observação atrevida, bastante atrevida ao senhor, será que se pode chamar senhor JPV e sua comitiva, no meu ver sofrem de um fetiche de frustração integral de não saberem ser sábios e inteligentes como os comunistas, mas sim sabem ser espertos como os cães, por foram ensinados e domesticados por outros cães.

  26. lx diz:

    Agora não posso deixar passar sem responder ao ALdeão de Baleizão, e restantes comentadores com excepção de Miguel Bento, aconcelho integralmente a lerem o livro ” 25 de Abril sempre”, de seguida a “Bíblia”, depois terem umas aulas sócio-politicas talvez elaborando umas visitas à Assembleia da República, depois deveriam fazer um pedido de desculpas ao Ex. mo Senhor José Soeiro, pela falta de respeito cívica, social e politica que tiveram para com este ser humano, pois foi sem dúvida um marco histórico na RA, pois para quem não sabe aqui fica um pouco de história da RA.
    No Alentejo a terra não trabalhada e o desmprego era muito e a fome, deu-se a RA para que o povo pudesse trabalhar a terra para combater o desmprego, a fome e a miséria em que viviam, isto sim foi a RA, teve coisas boas e más mas mais boas que más certamente.
    As más foram sem duvida quem deturpou o real sentido do que foi a RA e se aproveitou dele para colocar o país ao que chegamos hoje.

  27. João Espinho diz:

    @ exmo/a senhor/a lx – aconselho-lhe IMODIUM 2mg. Com coca-cola.
    Boas melhoras.

  28. lx diz:

    Definitivamente Srº.João se eu não tinha duviadas em relação assim , pois agora é que todos aqueles que saibam pensar minimamente , dá para ver efectivamente que o senhor quando não sabe responder com dignidade e intelegência , arremata com um orgasmo cheio de toxinas , tal como acabou de o fazer agora , efectivamente o senhor é de um mau gosto e postura brutalmente estraordinária.

    Melhoras rapidinhas para os seus orgamos toxicos

  29. João Espinho diz:

    @lx – não me enganei nem um milímetro no diagnóstico que fiz.
    Vivam os orgamos, mesmo que com toxinas.

  30. jorgem diz:

    lx – Para o gulag já!!.

  31. Celso diz:

    Se certas frases conseguissem sair do papel e pudessem passar ao estado liquído, tenho a certeza que se as enrolasse num trapo e o espremesse…..só saía merda.

    Cumpts,

  32. ALDEÃO DE BALEIZÃO diz:

    UM CONSELHO AO Lx — compre um bilhete de avião para a Coreia do Norte ofereça outro ao Soeiro talvez aí se consigam ” REVER NA REVOLUÇãO ” . e NÃO SE ESQUEÇA DE LEVAR OS MEDICAMENTOS QUE O JOÃO ESPINHO LHE RECEITOU

  33. lx diz:

    Efectivamente , e sem duvida não há pachorra para pessoas tão baixas… formação a todos os niveis é que lhes falta.

  34. Celso diz:

    Você acha que falar em merda é falta de formação ?!! – Falta de formação e principalmente de informação é você não ter vergonha de defender a RA. Tenha juízo e actualize-se.

    Cumpts,

  35. El Juanito diz:

    @lx:
    “sábios e inteligentes como os comunistas” , senhor lx vê-se que na sua vida não tem aprendido nada de Historia do sec XX.
    Olhe para os paises ex-comunistas e os actuais e depois diga-me se são inteligentes e sábios.
    Ainda ontem à noite (30/01) vi um documentario no canal Historia sobre a União Soviética e martirizou o próprio povo. Bem, se isso é ser sabio e inteligente vou ali já venho (isto para não usar uma frase mais forte, quiçá mal educada).
    Veja a China a Coreia do Norte, etc.
    E diz voçê que os anteriores comentadores são “pessoas baixas”, pudera, com os seus comentarios aqui colocados, eles até foram muito bonzinhos.

    Usando a frase do Celso.
    Tenha juízo e actualize-se!

  36. Vitesse diz:

    E pá! O homem compara tudo o que não é comunista com cães! Ensinados por outros cães! E depois os outros é que são “pessoas baixas” e sem formação! Triste, de um nivel baixissimo e ridiculo!

  37. João Espinho diz:

    @vitesse – não percebi nada!

  38. Vitesse diz:

    Posts do Sr. Lx.:

    “…de não saberem ser sábios e inteligentes como os comunistas, mas sim sabem ser espertos como os cães, por foram ensinados e domesticados por outros cães…”

    “Efectivamente , e sem duvida não há pachorra para pessoas tão baixas… formação a todos os niveis é que lhes falta….”

    Posts do Sr. Lx.

    Já percebeu Sr. Espinho?