Jan 28 2010

Por conta do Estado

Publicado por as 9:56 em Geral

“Dois lombinhos de tamboril, dois peixes-galo fritos com açorda, um bife à portuguesa, dois queijos de Estremoz, fruta, água e três garrafas de vinho. Conta: 116 euros.”
Leia aqui o resto da ementa.

Share

6 Resposta a “Por conta do Estado”

  1. Carlos Gomes diz:

    A ser exatamente assim, é um caso de policia!
    Comer, beber, atestar o depósito etc. e sair sem pagar é crime.

    Quanto ao resto: procedimentos com o fornecedor é mesmo assim.
    Tem é que ser com transparência e com correcção.

    Se o pagamento foi feito daquela maneira, parece que alguem se chegou à frente para não se falar mais disso.

  2. celtiberix diz:

    “Se alguém se engana com seu ar sisudo
    e lhes franqueia as portas à chegada
    eles comem tudo
    eles comem tudo
    eles comem tudo e não deixam nada…”

    Ah, Zeca, se ainda cantasses: a vampirada está a voltar.

  3. El Juanito diz:

    Já não lhes chega o dinheiro que mamam aos desgraçados dos imigrantes e agora estão a voltar-se contra os compatriotas!
    É uma festa a impunidade que reina neste país!
    Ainda hoje ouvi nas noticias o ti Belmiro a chamar ditador ao Presidente da Républica e o mais certo é ficar por aí mesmo.
    O Presidente disse que as Leis estão a ser mal feitas e tenho a impressão que não está a par de tudo, como por exemplo:
    Num processo de alteração de poder paternal, neste caso requerido ao tribunal pela ex-mulher ao ex-marido, em que ela pede mais dinheiro de pensão para os filhos, ela solicita apoio juridico à seg. social e é-lhe concedido, ele também o solicita mas por ter o vencimento um pouco mais elevado saíndo fora dos parâmetros para ser ajudado, é-lhe negado. Ou seja, tem de pagar ao seu advogado e ainda as despesas do tribunal. (Ela também teria de pagar se não tivesse apoio juridico).
    Assim, sempre que à ex-conjuge der na bolha para meter mais um processo em tribunal, o desgraçado do ex-marido lá terá de pagar de novo as mesmas despesas. Terá de as pagar mesmo que tenha razão.
    Não está bonita esta Lei?!
    Depois admiram-se da tão elevada violência doméstica!
    Num casal, um agride emocionalmente e psicológicamente, o outro agride físicamente.
    É a vida!!! “Quem vai à guerra, dá e leva”

  4. Regina diz:

    *celtiberix – bem visto!!!

  5. Sportinguista diz:

    Isto é demais, nós os cidadãos que contribuimos para que esses senhores possam efectuar o seu serviço dentro do maior respeito e transparência ainda temos de lhes pagar almoços??? Não lhes chega já ser natal quase toda a época do ano??? Os presentinhos por debaixo das mesas e entregues às familias não chegam??? Mais ainda, não se fala em punir esses senhores, mas sim em alterar leis, dificultar vidas e ofender pessoas. Po uma justiça justa que é o que não temos!!!

  6. Qui-Qui diz:

    Concordo com o EL-JOANITO quando diz que se fazem (eu acrescento também fizeram) más leis e também vou dar um exemplo: há cerca de 2 anos, na escola nº4 surgiu um problema de caris sexual que envolveu um professor.Após participação da progenitora o dito senhor foi suspenso por 180 dias e assim se manteve até que foi hà pouco tempo aposentado sem que o Ministério da Educação tenha tomado qualquer procedimento disciplinar. Como é possível? E até parece que não era a primeira vez, só que a primeira criança molestada foi considerada por quem de direito, como tendo grande capacidade imaginativa e foi mudada de escola. Como também foi apresentada queixa em Tribunal o dito senhor foi agora presente a julgamento e foi considerado culpado.Falta a leitura da sentença. A pena pode ir até 8 anos de prisão, mas como penso que é uma situação primária pode ir até 5 anos o que corresponde a poder apanhar 5 anos e portanto levar uma pena suspensa!!! Como podemos andar descansados com monstros destes à solta? Como é que um caso destes andou tão abafado?Por onde andou a TVI que é tão espedita a descbrir situações destas? Já tentei ontem enviar este comentário, mas não sei o que se passou, daí a estar a fazê-lo hoje novamente.