Out 28 2009

É mentira, não é?

Publicado por as 11:43 em Autárquicas 2009

Más línguas puseram por aí a circular o boato de que a candidata (PSD) derrotada à Câmara Municipal de Cuba esteve reunida na Rua da Ancha, com dirigentes do PCP, para, em conjunto, estudar a estratégia de como impugnar as eleições naquela vila alentejana.
É mentira, não é?

Share

7 Resposta a “É mentira, não é?”

  1. arrebenta diz:

    Não é não.

  2. laranjinha diz:

    inventar coisas não é bonito!!

    Atenção q a senhora merece o nosso respeito …

  3. J. Santos diz:

    Parece que, segundo informações de pessoas que me merecem toda a credibilidade e pese embora uma certa e exagerada crispação, se calhar desnecessária, algo se passou de “anormal” em Cuba nestas últimas eleições autárquicas.
    Desde votos comprados na comunidade cigana a pessoas que há décadas que não apareciam por lá, mas que por curiosidade lá foram nesse dia votar, entre outras.

    Houve pois algo de anormal em todo o processo eleitoral, que não aconteceu nos anteriores.

  4. arrebenta diz:

    J. Santos, também é verdade que foram comprados votos à comunidade cigana e para o provar existem fotografias tiradas ao candidato pela CDU, junto de um acampamento cigano, localizado nas imediações da vila. Deve ter ido lá prometer que aumentava o “subsilio”

  5. A Rita Ribeiro diz:

    @J Santos
    Exactamente por isso é que o PC logrou chegar-se ao resultado que conseguiu. Esteve quase …. mas o Seixal já não é o que era a fornecer paletes de camaradas por essas assembleias de voto.

  6. ice diz:

    Mas afinal, os ciganos eram PSD? ou PS?

  7. Filipe diz:

    Ah ganda rita, está quase na sala oval…..