Out 29 2009

Pouca cerimónia

Publicado por as 12:00 em A minha cidade

E falta de respeito. É a cereja de um mandato repleto de autismo e arrogância.
Incapaz de perceber o que se passou em 11 de Outubro – o voto de cidadãos livres – o executivo camarário, de mãos dadas com o Presidente da Assembleia Municipal de Beja, faz figura de mal-criado e não convida as entidades da cidade/região para a tomada de posse dos novos órgãos autárquicos. Francisco Santos (desaparecido) não faria pior.

Share

7 Resposta a “Pouca cerimónia”

  1. arrebenta diz:

    Não há palavras que descrevam a falta de educação e a postura. Nunca devem ter “ouvisto” falar de protocolo.

  2. Manuel da Silva diz:

    O que se pode esperar desta gentinha????????????
    Mas de certeza que não faltará gente para apoiar o Jorge e dizer-lhe que Beja está com ele!!!!!!!!!!!!!!!
    Nestes últimos dias o que é que terão feito ? Muita coisa que, quando o Jorge quiser remediar o mau da fita será ele.! O que não pensaram é que BEJA tem a máxima confiança no Dr. Jorge Pulido Valente por isso, votou nele.
    Os outros já os conhecemos há muitos anos …. e nestes últimos quatro anos deu para perceber que foi o fim da macacada…
    e mais não digo!!!!!!!!!!!

    com ele

  3. Bejense e Jovem diz:

    Como já li em alguns blogs, eu sou a favor da manifestação popular.
    Vamos todos á câmara amanhã às 10 da manhã.

    Vamos ver a tomada de posse do nosso presidente da Câmara Municipal. E apoiar a eleição do Presidente da Assembleia Municipal, que esperamos seja o Prof. José Luís Ramalho. Só assim temos a certeza que daqui a 4 anos este “filme” não se repete, independentemente de quem ganhar as eleições.

  4. Euzinha diz:

    Hoje tou com uma veia musical…

    “Vamos la cambada…” alheta com os prepotentes com mau perder.

    “O povo saiu á rua com a alegria que costumava ter…” não duvidem vamos estar todos lá e não precisamos de convites, quantos ás entidades elas vão aparecer.

    “… como ela somos livres, somos livres…” de mudar.

    “…agora sim, vamos dar a volta a isto… agora sim, eu sinto um optimismo…”

    Força Beja
    Força Jorge Pulido Valente

    “…a liberdade está a passar por aqui…”

    e em guiza de remate,”…levantem camaradas, levamtem…”, andor, casota,xetó…

  5. Leitor Identificado (e esclarecido) diz:

    E que dizer do que acabo de ler no site do “Correio do Alentejo” sobre as inclassificáveis “teorias” de “cambão eleitoral” do presidente Xico? Apenas isto: que bom acabar já amanhã…

  6. Hugo Silva Carulo diz:

    Nunca nos devemos esquecer que este tipo de posturas, sectárias, déspotas, vem de quem “SUPOSTAMENTE” faz da democracia (tolerância, respeito, pluralidade, entre outras) a sua bandeira de honra.
    Todavia, exorto todos aqueles que de uma forma ou outra contribuíram para a mudança, que comparecerem amanhã em massa nos Paços do Concelho para a tomada de posse dos novos órgãos executivo e deliberativo.

    Queiram ou não queiram o Povo é soberano.

  7. santo diz:

    Palavras para quê? onde está a apregoada liberdade, democracia e quejandos que com que nos buzinaram as orelhas durante o tempo de uma vida? Ah, deve estar guardada nas adegas das vivendas de luxo ou nos portas luvas dos X3 e X5 dos camaradas proletários. junto da boa educação e do fair play. pois é, camaradas o que era preciso é que os votos fossem por braço no ar, não era? isso é que seria um descambão eleitoral…