Mai 27 2009

Ideias macabras

Publicado por as 14:28 em Geral


foto: torsten linde

O governo da Suazilândia pretende reconhecer os cidadãos daquele país que estão contaminados com o vírus da sida. E como fazê-lo? Através de um logotipo tatuado no corpo dos seropositivos. E onde vai aparecer a tatuagem? Numa nádega.
Esta-se mesmo a ver a redução de infectados no país com a mais alta taxa de seropositivos. Não está?

Share

7 Resposta a “Ideias macabras”

  1. celtiberix diz:

    Tá claro que vai dar resultado; não te lembras duns senhores que nas décadas de 30 e 40 do séc. XX decidiram tatuar o “gado” (inclusivamente crianças) com um número no braço?

  2. El Juanito diz:

    Nice picture!
    É pena esta foto ter tido estes comentários.
    O assunto é uma infeliz ideia de xenofobia que em nada tem haver com a beleza desta foto.
    🙁

  3. celtiberix diz:

    Talvez a escolha da foto (que é excelente) seja uma maneira de chamar a atenção para algo realmente aberrante… mas a opção de ler nas “gordas” ou nas entrelinhas cabe a cada um …
    🙂

  4. El Juanito diz:

    @celtiberix:
    Humm! Estava para aqui a escrever-lhe uma resposta sobre a tal “opção de ler nas…..” mas resolvi apagar tudo.
    Finalizo só com um insistente elogio à foto e à modelo.

  5. celtiberix diz:

    Lá no elogio estou de acordo! :))

  6. El Juanito diz:

    @Cetiberix:
    Sim estamos! A foto é excelente!

  7. Conteudovip diz:

    depende da cultura de cada região, querer que todos pensem igual, e no mínimo antiglobal.
    se lá ninguém se importa de passar o hiv (parte da cultura), então governo que paga o tratamento, deve se importar