Abr 25 2009

orgasmo segredado

Publicado por as 6:37 em Intimidades


foto: scott james

Os nossos corpos, em alvoroço, encontram-se
No clamor desta noite onde somos ávidos de nós
Incendiando esta fome de eternidade
Numa nudez que se despe no retrato dos olhares.

No teu corpo desnudado derramo o meu peito
Pele com pele, na vertigem do amor envergonhado
E onde as nossas línguas são ecos dos beijos atormentados
Gritando fragmentos de um orgasmo segredado
Ocultado
Mas testemunhado pelas estrelas que nos escondem.

Agora, olho-te adormecida, deitada neste leito feito de linho
E ao teu lado me dispo de mim, envergando a túnica
Das palavras que escrevo no alvorecer que me invade.

Share

Não são permitidos comentários.