Arquivo de Agosto de 2008

Anotem na agenda

31 de Agosto de 2008

Dia 20 de Setembro.
Pode ser que haja música da boa. No Parque da Cidade.
Oxalá que sim!

Share

Lenta e seguramente

31 de Agosto de 2008

A apagar.

Share

Shapes

31 de Agosto de 2008

Tenho coisas novas no Shapes.
São só fragmentos….

Passaram para aqui.

Share

Domingo #90

31 de Agosto de 2008


foto: Yuri Matseevsky

Share

Há momentos

31 de Agosto de 2008


foto: joão espinho

Onde se encontram caras conhecidas e outras que passámos a conhecer.

Share

Uma cidade

30 de Agosto de 2008


foto: grapf

Memory of the future.

Share

Será que ela aguenta?

30 de Agosto de 2008

É, sem dúvida, o post da semana.

Share

Human eye

30 de Agosto de 2008


via Daus

Share

Hoje há jazz em Beja

30 de Agosto de 2008

Podem ouvir aqui.

Share

Bom dia

30 de Agosto de 2008


foto: Phoenix

Share

Yes, we can

30 de Agosto de 2008

Há algum dos meus leitores que acredite que Obama vai ser o presidente dos EUA?
Se sim, o que o distingue de Hillary?
E há alguém que confie em Obama como presidente?
A Europa quer o quê dos EUA?
Vá lá, entendam-se. Não gostaria de vos ouvir dizer que Obama é o mais racista dos presidentes americanos.
Não preciso explicar, pois não?

Share

A posta final

29 de Agosto de 2008

Chego de um almoço com gente interessante, que sabe falar de si, desconhece a vida dos outros. Revisitamos lugares, situações. Olhamos para a frente, para aquilo a que nos habituámos a chamar de
futuro.
Estamos ali a falar de nós. Os bancos do Liceu
tanta coisa
e depois dizemos adeus, um verdadeiro até logo e fica-se num vazio quando se percorrem as ruas até chegar a casa.
Um vazio de pessoas que nos digam mais do que um “olá, como estás?” ou esse surdo “está tudo bem?” e eu digo que sim, olho-os na face e não os vejo
gente infeliz
porque vou em passo ancorado, não preciso que me digam a vida que levam, desinteressam-me as nódoas que têm na roupa ou na alma
preciso de ir comprar tabaco
e chego e digo, alguém perdeu esta nota de 5 euros,
deverias ter ficado com ela
se calhar foi o cliente da bomba 5
chego a casa, sorrio,
os meus abrigos estão a chegar
e há coisa mais importante que tê-las aqui?
perto, muito perto de mim
A escrita com imagens. Desejar bom fim de semana a quem por aqui passa, mantendo hábitos e vícios.
Mensagens, mails, telefonemas e tudo parece que se descarrega com a força do vento de hoje
já tenho na minha agenda
e afogo-me nas últimas páginas da única literatura que me alimenta
– “Menino
e a poisar-me devagar os dedos no cabelo”

e escrevo, mais um parágrafo, umas vírgulas.
Apetece-me o ponto final.
e vais acabar com isso?
claro que não, mas vão deixar de saber qual a cor das meias que uso e se estou sentado
com quem?
numa esplanada ou num bordel.
Marcho-me para onde só eu me leia
escreve, escreve
e decido-me por esta redacção
final?
que é, afinal, um parágrafo.

(bom fim de semana a quem me lê. até já)

Share