Out 20 2007

Sem legenda!

Publicado por as 17:46 em Fotografia

uma-mao-no-telemovel-a-outra-logo-se-ve.jpg
foto: joão espinho

Arranja-se aí uma legenda para esta imagem?

Share

40 Resposta a “Sem legenda!”

  1. São Rosas diz:

    A minha proposta de legenda:
    ahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahah

  2. Vasco diz:

    “A Feijoada”
    Uns centimetros abaixo e seria ” A Tomatada”

  3. jorge diz:

    só lhe falta o sombreiro!!!!

  4. João Barros diz:

    a isso se chama estar numa de Scratching

  5. charlie diz:

    -…Sim minha senhora…
    Como..? Urgente?
    Claro…entendo…
    Tenho já o assunto entre mãos, e vou dar andamento …-

  6. charlie diz:

    continuação do comment anterior~:

    Obviamente que a minha frase para esta foto é a última da conversa ao telelé:

    “…Tenho já o assunto entre mãos, e vou dar andamento …”

  7. manuel de jesus diz:

    Sôr arbito, veja lá se não quer levar uma canjerada nos cornos.
    Qual paciência, Qual porra pá!

    O ano passado não subimos de divisão por sua culpa, alembra-se daquela róbalheira
    no campo do Ruins e Olhas, ou já tá esquecido. Come muito quejo à borliu não.

    Tenha cuidado, pensa que tá a brincar com quem, olhe que os tenhos entre as mãos e bem
    negros hã!

    A gente amanhã depois do jogo logo fala! Tal tá a moenga…

  8. H V&P diz:

    Se o dono da Praça me permite a publicidade, não ofereço um título, mas um post inteiro: http://ireflexoes.blogspot.com/2007/10/um-grito-de-revolta-favor-das-tradies.html

  9. Delfos diz:

    A radioactividade dá comichão.

  10. cristina diz:

    epá, só me lembro do anuncio da cerveja….”Maria…agora ía uma rapidinha..” (ou coisa que o valha..)

  11. 1Car(v)alho diz:

    Não tenho “mãos-livres”!

  12. RCataluna diz:

    “O uso indiscriminado do telemóvel pode provocar comichão nos tintins…”

  13. João Espinho diz:

    1carvalho – ahahahahahaha! Legenda perfeita!

  14. bejense diz:

    Nao me parece q o cidadao anonimo da photo fique muito contente quando um amigo do filho lhe disser q tem uma foto na net a coçar os tomates e q esta foto serve de mote a comentarios jocosos… mas isto sou eu que tenho a mania que a minha liberdade acaba onde começa a dos outros. ja sei q vao dizer q o direito de imagem e tal e q se ele se queixar tiram etc etc de qq modo aposto q este comment vai «aquecer» esta caixa de comentarios! 😉

    PS: Nao, nao conheco o «moço» e sim tb acho q n é boa ideia~«afagar» os tomates em publico

  15. São Rosas diz:

    E em tribunal, no processo que mover ao João Espinho, o advogado de acusação vai decerto alegar:
    – O meu cliente não tem “mãos-livres”!

  16. bejense diz:

    qual processo em tribunal qual carapuça, pelo aspecto da criatura parece-me mais plausivel que resolva o assunto com «uma punhada nas ventas» so to speack 🙂 alias uma foto publicada (que eu gostei bastante) de 2 putos na marmelada no parque da cidade tb me suscitou ideias semelhantes, e se o pai da miuda nao soubesse/quizesse o namoro e partisse para a violencia? e se o puto tivesse outra namorada e se lixasse por aquela foto? enfim ideias parvas (levadas ao limite nao poderiamos fotografar nada) mas que me (nos?) fazem pensar…

  17. profundamentetoto diz:

    Completamente de acordo com o “bejense” em relação às duas fotos citadas. A minha primeira ideia ao ver pela primeira vez as fotos foi exactamente a mesma. Independentemente da qualidade do trabalho está aqui em causa uma certa violação de privacidade das pessoas. Se estivéssemos no lugar dos “fotografados” o que pensariamos destas fotos? Fica a questão …

  18. João Espinho diz:

    Ainda ninguém se preocupou em saber se o fotógrafo falou com os fotografados. Como todos se sentem voyeurs, avaliam os outros à sua imagem. Já vai faltando paciência….

  19. São Rosas diz:

    O que foste tu dizer! Agora vão acusar-te de teres encenado isto com ele e que lhe pagaste em copos de tintol :O)

  20. bejense diz:

    calminha aí… «avaliam os outros à sua imagem» nao me diga q o menezes ja esta a fazer escola no psd de beja 😉 se foi essa a situacao tudo bem… ja estou a ver a conversa:

    – olhe, desculpe

    – sim?

    – tirei-lhe uma foto a cocar os tomates e vou por no blog para o pessoal se divertir a comentar, importa-se?

    – Claro que nao, de-me la ai o url pra eu me rir tb

  21. João Espinho diz:

    Ó bejense, você não tem a noção do que é ser ridículo?

  22. zé de Beja diz:

    Não compliquem o que é simples. O homem está só a perguntar a um amigo qual o melhor remédio para dar cabo dos chatos

  23. bejense diz:

    ridiculo? q eu saiba fui educado e levantei uma questao pertinente q voce parece estar a interpretar como um ataque pessoal… isto acontece a toda a gente q tira fotografias. Uma coisa é aparecer alguem na foto a quem nao se pediu autorizacao outra coisa é esse alguem SER A FOTO…

    parece-me ser facil de entender (como o album dos the gift) que nenhum de nos gostaria de ter a sua foto aqui escarrapachada a tirar burries do nariz ou coisa parecida… e tb parece-me obvio (agora sem ironias) q nenhum de nos q fosse apanhado naquelas figuras daria autorizacao para publicar essa imagem (se bem q a doidos para tudo)

    tb quem nunca cocou os tomates na via publica q atire a 1a pedra… quem nunca apalpou o rabo ao parceio/parceira ou pior (ou melhor) na via publica q atire a 1a pedra 🙂 Nao me parece q grande dano tenha sido feito a critura fotografada, no entanto a um je ne sais quoi q me diz q nao é correcto…

    inconveniente talvez, ridiculo pq?

  24. João Espinho diz:

    Desculpe lá, ó bejense, mas dizer “nao me diga q o menezes ja esta a fazer escola no psd de beja” não é ridículo? Se calhar é bem pior e eu fui demasadiamente polido.
    Vamos então aquecer este post:
    1 – Não tenho por hábito andar com a máquina fotográfica escondida. Quase sempre converso com os retratados. Ou antes ou depois da captação das imagens. Muitas vezes envio-lhes as fotos em formato papel. Outras vezes não as publico.
    2 – Nunca encenei imagens – as pré-produções são para o Sebastião Salgado que ganha dinheiro com a pobreza e a desgraça.
    3 – Ainda não descobri o que é que a imagem do post tem assim de tão “chocante” que leve o retratado a sentir-se mal. Não me parece que o senhor esteja a coçar os testículos (se estivesse diria que haveria ali alguma deficiência física dos genitais), mas sim com a barriga à mostra – é moda – e com a mão na mesma.
    4 – O bejense é um chato e não há quem o coce!

  25. bejense diz:

    eh pa… o menezes for uma alfinetadazita 🙂 hehehe ainda nao tinha gozado com o facto de agora votarem no murcon e no PSL

    quanto ao sebastiao salgado… por amor de deus… ja vi exposicoes dele ja vi o 1º livro dele (custava 20contos na fnac por isso nao o comprei – ultimamente estava em promocao a 10contos acho eu) e o homem é EXCEPCIONAL, e nao acredito q tenha mais de 1% de fotos ensaiadas… e nao ganha a vida com a exposicao da desgraca alheia – CONTRIBUI de forma significativa para a exposicao desta o que faz com mq as pessoas ganhem consciencia dos problemas socias…

  26. Antonio Zambujeiro diz:

    Conheço e muito bem a pessoa e se repararem o homem tá é fazendo festas na barriga porque os “tomates” esses são mais abaixo e ele até os tinha deixado na horta.Boa semana

  27. João Espinho diz:

    @bejense – curioso! Como é o Sebastião Salgado a expor a desgraça é um alerta! Se fosse eu, já diria que andava a gozar com a desgraça alheia, certo?

  28. Machado de Assis diz:

    Já agora também vou dizer aqui a minha impressão sobre a fotografia em análise.
    Primeiro, que não acredito que o J.E. aqui a reproduzisse, se a considerasse prejudicial ou de menos consideração para com a referida pessoa.
    Depois, só com grande esforço se consegue dizer que a mão chega tão abaixo, que eventualmente tocará nos genitais.
    Por último, que o acto de tocar com a mão no abdomen é quase institivo, quando se pretende acalmar alguma tensão ou ansiedade, ou simplesmente produzir algum bem-estar interior. Podemos fazer essa experiência a nós próprios, ou a um bébé que esteja a chorar.
    O estéreotipo fotografado, não é mais do que a visão do alentejano puro, algo preocupado com a conversa que está a ter e que afinal poderia bem ser cada um de nós.

  29. profundamentetoto diz:

    “estéreotipo” fotografado ?????????????????????

  30. mad diz:

    Inteiramente de acordo com o Machado de Assis.

  31. Machado de Assis diz:

    profundamentetoto: Claro que estéreotipo!
    Em que região deste país você conhece tantas pessoas com barriguinhas iguais a esta?
    Até mesmo o tipo de barriga é caracteristica, pois ao contrário das disformes consequentes à comida de plástico dos Macdonalds e das pizzarias. A “nossa” é redondinha, em meia-lua, e sem dúvida correspondente ao número de açordas, migas, carne porco, entremiada, etc….

    O problema que a foto demostra, e de que maneira, é que a aposta no uso do cinto para a tentativa de segurar as calças, não é a melhor solução. Pois a altura das calças não consegue em regra geral ultrapassar a linha média da barriga, ficando sempre na vertente inferior. Logo como não consegue fixar-se de uma forma estável, tem tendencia para descer, arrastando para baixo a cintura das calças e ao mesmo tempo fazendo com que a parte inferior das camisas deixem de estar presas por baixo do cinto.
    Trata-se de um problema assaz complexo, para o qual não há solução à vista, a não ser o uso de suspensórios; tal como faziam os nossos pais, e que nós por modernices resolvemos abandonar de vez.

  32. bejense diz:

    eh pa… eu so disse q a combinacao da foto + desafio para nome + comentarios = gozar com o homem, se n percebem isso imaginem q é a vosso foto q la esta…

    eu nunca disse q o nikon o fez com o objectivo de gozar com o homem. quanto ao cocar a barriga… e pensando no meu caso é somar 35cm à raiz do problema e ver onde estao os dedos 😉 – tomei o meu caso como exemplo imagina q com voces a medida seja identica 😀 hehehehehe

    de qq modo ponham-se a pau, pois vou iniciar um blog – os burries, em q vou divulgar fotos de pessoas de Beja nas esplanadas , na rua , nos cafes (ate em casa, caso compre a teleobjectiva) a tirar burries do nariz – isto com o intuito de alertar para este habito nojento q emsombra os meus pequenos almocos fora de casa :>

  33. profundamentetoto diz:

    Quando escrevi «“estéreotipo” fotografado ????????????????????» foi no sentido de afirmar que se trata de uma pessoa em concreto, perfeitamente identificada, que muitos conhecerão, que está aqui a ser gozada e ridicularizada. Acho mal. PONTO FINAL PARÁGRAFO!

  34. João Espinho diz:

    @toto – calculo que você ande por aí a deixar o seu testemunho em tudo o que acha mal. Ou será que o problema reside no facto de a imagem ter sido registada com uma Nikon?

  35. eu diz:

    irra…
    um gajo ja na pode coçar a virilha?

  36. São Rosas diz:

    Se o telemóvel desse senhor estivesse sob escuta, como o do PGR, seria mais ou menos isto:
    – Ó Chico, estou com comichão no rabo mas tenho as duas mãos ocupadas!

  37. barrancos diz:

    ” OS ESPANHÓIS? TENHO-OS NA MÃO!

  38. 1Car(v)alho diz:

    Perdi a “antena”!

  39. AMRevez diz:

    “- Já te ligo que tenho de ir cagar! A puta da feijoada fez-me mal à tripa”.

  40. Machado de Assis diz:

    Profundamentetoto: Ok. Ok. Não vale a pena fazer fazer disto um drama.

Deixe Uma Resposta