Abr 27 2007

UMA NÓDOA

Publicado por as 21:25 em A minha cidade

Então não é que a Câmara Municipal de Beja decidiu recriar o seu símbolo institucional?
Tudo isto só por causa da OviBeja?
Ora vejam lá:

não gosto que me chamem cabrão.jpg

Beija ovina?
Beja ovina?
O pior de tudo: Beja Bovina?

Desculpem lá, mas os bejenses não merecem isto!

evidente falta de gosto.jpg

Share

22 Resposta a “UMA NÓDOA”

  1. Eumemso diz:

    Chamar

  2. dete diz:

    ??mas isso é a serio?!!
    que na camara exista lá animais tudo bem..mas chamar bovinos a todos os bejenses!!

  3. dete diz:

    ??mas isso é a serio?!!
    que na camara exista lá animais tudo bem..mas chamar bovinos a todos os bejenses!!

  4. nikonman diz:

    @dete – aos bejenses e ÀS bejenses!!!

  5. h diz:

    @nionmam, não coloque estas brincadeiras aqui, que as pessoas pensam que é a sério!

  6. nikonman diz:

    @h – brincadeiras?

  7. h diz:

    @nikonman … ou é brincadeira sua ou é deles!
    Será que vamos ter de começar a chamar Pastor ao Presidente? Eu sei que ele está habituado a comandar um rebanho, mas…

  8. re21 diz:

    Beija bovina???isso não será o anúncio de um concurso para medir a corajem dos beijoqueiros? 😉

  9. extremo diz:

    Uma pérola de humor inteligente e vocês ficam logo à toa…

  10. re21 diz:

    Ó camarada extremo, essa é para mim?, ou será que você é um dos beijoqueiros que vai tentar beijar a bovina mais brava?

  11. nikonman diz:

    @extremo – “humor inteligente” costuma ser produzido por mentes adequadas. As que pariram isto ainda nos vão mandar pastar ervas em nome do Ambiente. Vai uma apostinha?

  12. extremo diz:

    Acho que as bovinas bravas não se querem beijadas. As da câmara querem-se sodomizadas e as da Ovibeja querem-se embebedadas, pois amansam e põem-se a jeito.

  13. nikonman diz:

    @re21 – o extremo está ainda a curtir a ressaca dos foguetes do 25A. Uma boa dose de tolerância e suporta-se. (mas só depois da meia noite)

  14. extremo diz:

    O meu 25 de Abril não é feito nem celebrado com foguetes. Isso é fogo preso. E o 25 de Abril é fogo solto, dilacerando.

  15. Anónimo diz:

    Beja, capital do beijo bovino 2007. Obrigado município. Há muito que como bejense não me sentia tão orgulhoso.

  16. Anónimo diz:

    Está muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuto lindo!

  17. Flor diz:

    Isto é de uma falta de gosto, de estética e de respeito fora de comum!!Eu não sou bejense, mas sinto-me triste…chamar bovinos às pessoas?!Ora, sr. Presidente da Camara tome juízo…Se é com a ideia de Beja ser uma terra que vive predominantemente da agricultura, e também com o intuito de se preservar a raça bovina e o ambiente, acho que havia melhores maneiras, mais harmoniosas e sem ofender!A empresa de publicidade falhou, mas mais falhou quem deu autorização para que tal ‘desastre’ publicitário saísse à rua!Francamente, camaradas!

  18. Flor diz:

    É que para quem não sabe,ou ainda não tenha chegado a essa conclusão, é assim que a população vai entender o “novo símbolo institucional” da cidade!Com Ovibeja ou sem Ovibeja!

  19. Anónimo diz:

    kesta m3rd4???

  20. sam diz:

    tenho p’ra mim q isto foi obra de algum inginheiro da cambra (tambeim os hai)q se lembrou do caféi

  21. AJRamos diz:

    Se já achava de muito mau tom terem alterado as datas da OVIBEJA e fazendo-a coincidir com a FIAPE em Estremoz (que nos últimos 22 anos se realiza aproximadamente entre o 25 de Abril e o 1 de Maio) nos últimos anos e sem sequer uma palavra para com o municipio estremocense (não é que haja ou se deseje suplantar em popularidade e grandeza a Feira do Baixo Alentejo) mas ao fazê-las coincidir como é óbvio nunca será bom para nenhuma e muito menos para o Alentejo, agora com um simbolo ou logotipo desses, estão bem entregues, lamento apenas por vocês meus amigos bejenses que se tem de sujeitar a tantas faltas de bom gosto e a serem apelidados de “beijoquêros do gado bovino” qual Rap dos Matarruanos… oops esses eram ovinos… ok dá no mesmo… um abraço João

  22. Praça da República » Mais vale tarde que nunca diz:

    […] tínhamos razão nas críticas que fizemos à Câmara Municipal de […]