Fev 08 2007

ARRANJINHOS

Publicado por as 11:20 em A minha cidade

A reorganização que se vai verificar na Câmara Municipal de Beja não tem nada a ver com a eficiência dos serviços. Se a redistribuição de pelouros é uma questão técnica interna, já a criação de Gabinetes de Projectos tem a ver com equilíbrios políticos e com a tentativa de deixar bem claro quem manda em quem. Nesta última distribuição de poderes estranha-se que nomes como o de Figueira Mestre não sejam contemplados. O anterior responsável pela Casa da Cultura – Rui Aldegalega – vê assim o seu percurso recompensado, sendo-lhe atribuída a chefia do gabinete de museologia. Resta saber se estes equilíbrios não irão criar maiores clivagens entre as duas tendências (ocultas mas perceptíveis) no seio da CMB.
Ignorada foi a criação de um gabinete que se dedicasse em exclusivo a “vender” a imagem de Beja no exterior.
Provavelmente porque não há nada para promover.
Aguardemos então os resultados práticos do novo organograma da Câmara de Beja.

Share

Uma Resposta a “ARRANJINHOS”

  1. RCataluna diz:

    “Ignorada foi a criação de um gabinete que se dedicasse em exclusivo a “vender” a imagem de Beja no exterior.
    Provavelmente porque não há nada para promover.”

    Certeiro! Nem mais!

    Abraço!

Deixe Uma Resposta