Jan 26 2007

PARA QUE CONSTE -2-

Publicado por as 9:45 em Geral

Não faço parte do movimento nacional de apoio aos órgãos de comunicação social que promoveram o Sargento Luís-“Pai Adoptivo”-Gomes a melhor pai do mundo e transformaram Baltazar-“Pai Biológico”-Nunes em abominável padrasto.
Não, decididamente não!

Share

9 Resposta a “PARA QUE CONSTE -2-”

  1. Maria diz:

    O pai biológico é apenas um dador de esperma. Isso não faz dele pai.

  2. nikonman diz:

    @maria – por essa ordem de ideias a Aidida foi dadora do óvulo, o que não faz dela mãe.

  3. Mayday diz:

    Estou de acordo consigo Nikonman. O sargento está a obstruir a justiça e o caminho para que tudo se resolva a bem não é este. A criança está em parte incerta e não se sabe se está bem ou não. Esta a fazer-se um levantamento popular sobre esta questão muito perigoso.

  4. Maria diz:

    O dador de esperma só se lembrou que tinha uma filha quando se apercebeu que podia tirar disso dividendos. A Aidida também já viu a mesma coisa e agora também já não sabe se a quer. Pais sãos os que amam, que cuidam, que educam. A Justiça desde o inicio fez merda e depois disso é cada cavadela cada minhoca.

  5. matahary diz:

    Claro que “não, decididamente, não!”

  6. ajramos diz:

    três questões apenas:
    1ª – nunca ninguém se lembrou da criança e a quem ela chama pai e mãe (e vai chamar).
    2ª – Confiar na decisão da justiça e fazê-la cumprir é imperativo, tem de ser.
    3ª – O processo de “adopção” por parte do “Baltazar Biológico” tem de ser em tudo igual a um processo de adopção legal, nunca por decreto imediato ou o meu 1º ponto faz cada vez mais sentido.
    É isto, é que a justiça para ser justa também tem de ter algum bom senso ou então se basta seguir a lei à virgula, qualquer um é juíz.
    Pobre Criança que pouco futuro terá…

  7. Maria Papoila diz:

    Sou da mesma opinião, não confundir o processo crime do sargento com a regulação do poder patrenal. O sargento pode não merecer uma pena tão pesada, mas o pai biologico tem direito a lutar pela custodia do filho.

  8. H diz:

    com data venia, http://ireflexoes.blogspot.com/2007/01/caso-esmeralda.html

  9. coerente diz:

    @Nikonman,

    Perfeitamente de acordo consigo. Neste caso houve muita manipulação e afinal as coisas não eram assim tão lineares.