Jan 31 2007

AFINAL

Publicado por as 0:45 em A minha cidade

… o que é que se passa na Universidade Moderna – Polo de Beja? Tanto zum-zum, diz que disse e aconteceu e etc…
Afinal qual foi o resultado das eleições para a Associação de Estudantes? Ou as eleições não se realizaram?
Há por aí alguém que informe?

(trouxe este post cá para cima. por razões que poderão encontrar nos comentários. sugere-se elevação)

Share

25 Resposta a “AFINAL”

  1. Anónimo diz:

    isso dá para escrever 1 livro, quanto mais 1 comment…

  2. NFCM diz:

    A UM está viva e embora ainda debilitada continua a sua recuperação prestes a mudar de “casa”! Quanto à AE, sim,, realizaram-se eleiçoes!!! No entanto é triste ver q depois de se tornar uma eleiçao numa batalha e a universidade num campo de guerra, constatar q a lista vencedora (que concorria contra à lista presidida pela pessoa que se encontrava, nos ultimos meses, à frente dos destinos da Associação)ñ mostra qualquer interesse em tomar posse… Então são as pessoas de quem se disse o aceitável e o inaceitável que continuam a assegurar os interesses de quem as achincalhou… Porque o sangue ainda corre naquela “casa” mas muitas vezes um pouco venenoso… Felizmente existem excepções! Cumprimentos académicos à Maria Luis, obrigada por manteres acesa a chama!!!

  3. Paulo Santos diz:

    É impressionante a forma como se quer dar a volta à verdade com tamanha blasfémia. Só próprio daqueles que das derrotas sempre fizeram as “maiores” vitórias, vivendo perseguidos por pseudo-fantasmas que não existem.
    Usando a expressão de um Mestre, “Meus Senhores”, haja decência e moralidade, já que honra e dignidade não existe.

  4. Anónimo diz:

    ????

  5. Anónimo diz:

    Houve eleições. Só que ninguém sabia que eram a duas voltas, isto é, quem ganhasse as primeiras não ía às segundas. É o chamado método vermelho. Ainda bem que existem pessoas boas atentas e zelando pelo interesse dos meninos, capazes de corrigir os erros que cometem nas urnas: é que às vezes o povo é estúpido! E como não soube escolher, a mártir acabou com a palhaçada das eleições democráticas e concorridas e marcou ela própria, com a solidariedade de meias doses, eleições para ela própria num gesto de dedicação que sensibiliza qualquer um, nas quais irá concorrer sozinha para ficar à frente de uma casa que tomou ao estilo de reforma agrária. Desculpem lá: fazia sentido que a menina se sujeitasse a eleições participadas quando já tinha o hábito de subir ao poder sem essas eleições. E para que os alunos não se enganassem outra vez na cruzinha, coitadinhos, a comissão de eleições, com sede no Melius, numa manifestação de espírito de abertura e democraticidade, retirou toda e qualquer possibilidade de qualquer outra lista pensar em concorrer. Tudo em nome da verdade democrática!
    O povo agradece a colabaração da Maria (o nome é bíblico, mas a lista não) e há-de compensá-la com um bilhete grátis para a festa do Seixal, oferecer-lhe meia dúzia de piqueniques com croquetes, rissóis de bacalhau e pirolitos, além de acesso aos bastidores dos concertos do Vitorino: voa Maria que a máquina dá-te asas!Parabéns pela vitória.
    Ps: morreram ao frio os eleitos à primeira volta enquanto esperavam por tomar posse. Às famílias enlutadas os nossos sentimentos. Da próxima vão ser candidatos para outro lado.

  6. Anónimo diz:

    As eleições na Moderna inauguraram um novo regime eleitoral… eleições por TENTATIVAS.
    Como não ganharam á primeira … vão tentando… ate ganhar…
    Essa de não quererem tomar posse ta boa… desde a queda do muro que não se ouvia uma mentira tão descarada.

  7. Anónimo diz:

    Que porra é esta? Atão amanhã não vou tomar posse? Comprei um fato nos Slados,remendei os sapatos com a câmara de ar da biciclete da minha Claudia Isabel e agora não me dão posse? Quem é que zela pelos meus direitos fundamentais?

    Bordão Pinheiro

  8. pálapála diz:

    Afinal sempre havia alguma coisa, nikonman! Conta lá o que sabes….

  9. Anónimo diz:

    Eu o que ouvi foi no salão do cabeleireiro! Mais democracia não há. As eleições da Associação não foram tendenciosas. Para não haver divisões, há só uma lista!

  10. Anónimo diz:

    Saberá o meu caro Barrocas onde é a Associação de Estudantes?! É uma pena, mas eu acho q n…

  11. Anónimo diz:

    Por manter acesa a chama! O amor é como o fósforo! Dura enquanto há pau!
    O NFCM fez análises ao sangue de todos? Sabias, eminência parda, que o antídoto para o veneno é extraído e feito a partir do próprio veneno? Se fosses candidato votava em ti! Como não há candidatos, vou assoar-me ao papel do boletim de voto!

  12. Anónimo diz:

    Mas então não há direito na Moderna de BEja?
    Então ols Professores não ajudam nesse caso de descalabro ?
    Apelem ao corpo docente para interpretar a lei e verão que resolvem isso.
    A lei aliás é clara.

  13. Anónimo diz:

    Livro? Quem disse livro…rs
    Mais parece uma revista cor-de-rosa!!!
    Hummm pensando melhor acho k me sinto um verdadeiro fantoche, vocês não?

  14. N. diz:

    É pena que mesmo aqui a nossa “casa” fique tão mal vista… Afinal deveríamos querer todos o mesmo: devolver o nome e a vida à nossa Moderna…! Tenham juízo!!! A Associação?! A Associação temos que ser todos nós!!!

  15. JH diz:

    Do alto do meu “estatuto de quintanista”, é com inegável desilusão que vou apreciando a situação da ainda minha associação de estudantes.

    Não faço parte de qualquer partido político, não defendo nenhum lobbie, não tenho quaisquer interesses obscuros, exceptuando o desejo de concluir a minha licenciatura em Direito o mais rápido possível.

    Porém, durante estes últimos tempos, assisto a situações verdadeiramente rocambolescas. Nomeadamente as já famosas eleições para uma associação de estudantes, acerca da qual, penitencio-me, nunca demonstrei grande interesse.

    Houve de facto eleições há pouco tempo. Foram a escrutínio duas listas, A e Z. Consta, e digo consta porque se deverá presumir a honorabilidade da contagem dos votos, que a lista Z ganhou, pelo que ocorreu uma alternância (por norma salutar em situações eleitorais). Quanto a mim foi de facto indiferente porque não exerci o meu direito de voto.

    Iniciou-se um período cinzento em que circulavam boatos acerca de hipotéticas impgnações, enfim, o “diz-que-disse” no seu melhor.

    Surge depois uma espécie de resumo da votação, em que os presidentes de ambas as listas a votos, se reuniram e em concordância chegam a um entendimento. Não para uma qualquer coligação, até porque em situação de 2 listas uma teria necessariamente que ser vencedora. Porém fez-se doutrina e, pelos vistos, conclui-se pela não relevância das eleições.

    Hoje, tive que me deslocar à Universidade e deparei com 1 comunicado, a bem dizer escondido no meio de vários, onde se davam a conhecer eleições para o dia de amanhã, Quarta-feira, 31 de Janeiro.

    Mais, eleições de lista única, que penso ser (e digo penso porque SINCERAMENTE não sei), a lista em exercício, ou seja, a lista A.

    Desconhecendo qual o interesse em estar à frente de uma qualquer associação de estudantes (e não Associação), julgo pertinente recordar as palavras de alguém que, aquando da sua saída de um cargo, a definiu qualquer coisa como não nos devermos servir das instituições mas antes servi-las! Concordo, penso ser algo eivado da maior rectidão e altruísmo.

    Pena é que neste país, seja em cargos de relevo, como em cargos menores como este em apreço, as pessoas continuem a pretender usar o poder pelo mero deleite de o ter..

    Haja decoro!!!

    Mens Agit Molem

  16. CS diz:

    As eleições de Dezembro foram organizadas pelos Corpos Sociais da Associaçao de Estudantes, sendo depois reconhecido pelos candidatos a presidente das duas listas que teriam havido irregularidades no processo eleitoral e que deveriam ser anuladas; uma pergunta se coloca tendo sido organizado o processo eleitoral por quem foi

    QUAL A RAZÃO E QUEM A EXPÔS PELA QUAL O CANDIDATO A PRESIDENTE DA LISTA VENCEDORA CONCORDOU EM SER ANULADO O ACTO.

    E ja agora mais duas perguntas:

    PORQUE RAZÃO, AGORA SIM, ESTÁ ESTE NOVO PROCESSO EIVADO DE GRANDES IRREGULARIDADES E OU ILEGALIDADES, E NINGUEM TOMA NEHUMA ATITUDE?

    SERÁ QUE TODOS ESTÃO A ABDICAR DO SEU DEVER DE PUGNAR PARA QUE SEJA CUMPRIDA A LEI E REPOSTA A LEGALIDADE NUMA ESCOLA ONDE SE MINISTRA DIREITO E CONSEQUENTEMENTE EXISTEM PROFS, MESTRES E LICENCIADOS EM DIREITO?

  17. ligia evanovich diz:

    Ô,infelicidade!!!!rssssssssss

  18. Golfinho diz:

    xiiii

  19. Anónimo diz:

    Maravilha das maravilhas! os estudantes da UNIVERSIDADE MODERNA POLO DE BEJA, em convulsão, exprimindo opinião e convicções, na parte q concerne à sua Associação Representativa.É a vida académica da UM Beja a manifestar-se, como deve e deverá sempre ser, pelos s/ legítimos interesses e direitos. Parafraseanado… “do alto do meu estatuto de licenciado pela UM” apraz-me verificar q a vida académica na instituição vive, seja, está viva,irrequieta e irreverente, como lhe compete. Mais…(digo eu) respeitemos e dignifiquemos a nossa UM em Beja, pois daí resultará sempre o n/ prestígio e consideração perante a “sociedade” que, a título gratuito, tende a menosprezar o grau académico conferido pela n/ UM, o qual tem vindo timida e paulatinamente a dar provas no concurso c/ outras academias. Pô… comportem-se como os outros animais. E não esqueçam: MENS AGIT MOLEM

  20. A diz:

    parece q falta aqui um comentário, nikonman!!

  21. nikonman diz:

    @a – comentários a insultar ou com insinuações sobre terceiros, só são aceites quando não anónimos. É que, se não sabe, eu sou responsável por todos os conteúdos deste blogue. E como não tenho identidade anónima nem oculta, não estou para ser incomodado devido a comentários feitos por gente que não dá a cara.

  22. Snoopy diz:

    Que trapalhada….Confesso-me completamente baralhado.O que se descreve nos posts anteriores é mais confuso que a táctica utilizada por José Peseiro… Podem começar a contar a “história” de novo?

  23. Anónimo diz:

    discordo! com efeito o que sucede é de facto deveras confuso mas daí a comparar-se a uma táctica do professor pézudo é exagerar a situação.. As tácticas do professor pézudo batiam eram inequivocamente mais confusas que as confusões da UM-Beja!

  24. jgraça diz:

    O que é isto a comparar com o trópico de capricórnio?

  25. nn diz:

    Mas será que ninguem abre os olhos? será que a comunicação social nao acha estranho serem sempre os mesmo queixosos e os mesmos a darem o nome? e porque será? será que estão tão aflitos porque nao sabem como acabar o curso? Mas nao por tudo isto que se passa! tudo sim pela saída dos professores que os passavam sempre! ah…e daí tanta preocupação pois nao sabem agora como acabar o curso pois nada têm feito com mérito! realmente é um grande problema esse e daí tanta agitação! Porque será que no blog da universidade moderna são sempre as mesmas pessoas a lamentarem-se? Nao acham estranho isso tudo? O dr. chambel nao devia só demitir professores mas também alguns ALUNOS poisnada fazem lá a nao ser contribuir para que aquela casa feche! Dr. Chambel abra bem os olhos e fora com essa gente!