Nov 12 2006

PELOURINHO 2006 – OS NOMEADOS

Publicado por as 16:00 em Pelourinho

De acordo com o previsto, podem também os leitores desta Praça participar na edição de 2006 do troféu “Pelourinho”, escolhendo a “Figura Política de Beja – 2006”.
Estas nomeações basearam-se na pré-consulta efectuada através dos comentários dos leitores.
Recorde-se que a atribuição de todos os galardões será feita no dia 16 de Dezembro, nas categorias de:
– Facto do Ano
– Personalidade do Ano
– Blog do Ano
nos planos Internacional, Nacional e Regional.
Façam o favor de votar! (na barra lateral)

Share

12 Resposta a “PELOURINHO 2006 – OS NOMEADOS”

  1. coerente diz:

    “Estas nomeações basearam-se na pré-consulta efectuada através dos comentários dos leitores.” Não entendo esta afirmação quando a personalidade com mais nomeações João Espinho/Nikonman não aparece na lista dos nomes sujeitos a nomeação. Ou será a Rainha D. Leonor?

  2. nikonman diz:

    O Jurí que regulamenta o troféu “Pelourinho” considerou que o nikonman/joão espinho não é uma personalidade, certo? E a Raínha D. Leonor considera-se uma proposta melhor que outras personalidades alvitradas.

  3. Mónica diz:

    Facto do Ano: Encerramento do Bar das Piscinas. ( pondo fim a vários anos de noites em branco e dias cheios de sono de muita gente que vive ali próximo)
    Personalidade do Ano: Francisco Santos – presidente da C.M.B.. (Chegou, viu e venceu a eleições).
    Blog do Ano: Praça da República em Beja. ( Campeão das audiências e local de bons e saudáveis debates)

  4. H - ireflexoes diz:

    Venho apresentar o meu formal protesto, sobre a forma como o Jurí não inclui alguns nomes; pessoalmente sinto-me decepcionado. Não iria votar no João Espinho (sei muito pouco da sua actividade na A.M. ) Mas, o Sr. Nikonman, enquanto representante da sociedade civil, pela coragem com que luta pelas suas convicções, pela forma como conseguiu criar e manter um forum de debate regional, local obrigatório para amigos e não amigos, correligionários e opositores, ia merecer o meu voto. Dixit!
    PS . ana drago não é hipótese?

  5. nikonman diz:

    lá vem outra vez a Ana Drago….

  6. mad diz:

    Posso dar a minha opinião?
    Acho que fazes muito bem em não colocar o teu nome porque apesar de ficares muito bem ao lado da Rainha D. Leonor já o mesmo não se pode dizer em relação a outros nomeados.
    João aka nikonman, como te conheço bem sei que para ti basta apenas o reconhecimento do teu trabalho quando ao passares por determinados sitios saberes que houve coisas que mudaram para melhor depois de tu teres escrito no blog sobre elas, não é?
    Imagino o sorriso de satisfação no teu rosto por te sentires orgulhoso.
    Eu também estou muito orgulhosa de ti.
    Que continues sempre com esta coerência é o que mais desejo.
    O prémio é esse: orgulho e reconhecimento e isso já ninguém te tira.

  7. José André Salguero diz:

    O meu voto vai para João Paulo Ramôa, pois tenho a certeza de ser o único que poderia dar-nos um cheirinho de democracia. Pois com estes que temos actualmente nesta cidade só é possivel apanhar com o pivete da corrupção. Só tem emprego o inútil e o lambe botas (emprego não significa trabalho).
    Aqueles que me conhecem sabem que sou artista plástico, tenho o curso de formação de formadores, tenho um curso sobre pintura e sobretudo tenho uma obra feita com todo o empenho e dedicação, a qual pode ser vista em http://www.artmajeur.com/zandre. Não podes imaginar o dificil que é sobreviver nesta cidade.
    No entanto conheço duas pessoas que vivem á grande, á custa das artes. Uma ganha 1000

  8. José André Salguero diz:

    Apenas para dizer, que se a morada que anteriormente citei, não der basta então escrever no motor de busca:

    zandre salguero

    Zandre

  9. coerente diz:

    @Zandre,

    Aconselho-o a consultar os premiados do ano passado para perceber o “espírito da coisa”. Não me parece que fosse sua intenção colocar o João Paulo Ramôa no mesmo “saco” da Glória Marques da Costa.

  10. nikonman diz:

    @coerente – porquê destacar os galardões do ano passado, se esta já é a 4ª edição do Pelourinho? E o “espírito” da coisa é o espírito da mui digna Academia. Aconselho-o a ler todas as edições, para compreender o verdadeiro espírito da “coisa”.

  11. coerente diz:

    @ Nikonman,

    Eu só pretendi elucidar o leitor. Mas quanto ao “espírito da coisa” não queira ter o monopólio das palavras, ou não foi você que escreveu isto:

    “@zig – dá uma vista de olhos pelas edições anteriores e vê o espírito da coisa.”. No dia 19 de Outubro escreveu, mais ou menos, a mesma coisa como resposta ao J. Gorjão. E é por ter acompanhado todas as escolhas (J.P. Ramôa, Miguel Ramalho e Glória Marques da Costa) e sobretudo os argumentos que presidiram às mesmas que escrevi o que escrevi, pois pareceu-me que a argumentação do leitor não era muito coerente com os argumentos utilizados nas escolhas dos anos anteriores. Foi só isso. Mas se fui inconveniente peço desculpa. Por quem sois!

    Quanto

  12. nikonman diz:

    @coerente – certamente que deve ter reparado que este ano temos a participação dos leitores. E é verdade: a argumentação será o espírito da coisa. Principalmente dia 16 de Dezembro. Que espírito pairará sobre as cabeças dos decisores? Olhe, eu até vou deixar a Academia, pois nesse dia andarei por Beja em romaria fotográfica. À procura de espíritos. Acredite.

Deixe Uma Resposta