Out 16 2006

A REBOQUE

Publicado por as 11:40 em A minha cidade

É como o nosso estimável Presidente de Câmara parece andar.
Pelo menos neste episódio do intercidades fica a imagem de que o executivo foi a reboque de uma notícia da Radio Pax.
Se assim não fosse, a reunião a que se refere a notícia da RVP ( link ) seria anterior ao anúncio feito pela Radio Pax em 10 de Outubro ( link ).
Assim, o Presidente vem dizer-nos uma coisa que já sabíamos há alguns dias.
É tudo uma questão de agenda, não é?

Share

16 Resposta a “A REBOQUE”

  1. mad diz:

    A reboque ou não o importante é que se faça alguma coisa nem que para isso tenham que sair noticias que acordem as pessoas.

  2. Alentejano mas não parvo diz:

    Grande vitória. Fica tudo na mesma. Puseram a correr a noticía que iam acabar, depois que ficava um. Agora cantam vitória que fica como estava. Afinal alguém se lembrou de reivindicar que os inter-cidades para Évora (em C. Branca) tivessem ligação para Beja e vice-verso? Isso sim, seria conquistar algo. Assim é satisfazermo-nos com um empate, pior ainda é festejá-lo.

  3. Anónimo diz:

    @Nikonman,

    Você é mesmo curtido. Se o homem não faz, devia ter feito. Se o faz, então devia ter ficado quieto. Já não se lembra do seu post Apita o comboio? De facto não há pachorra. Ao menos a seguinte notícia não foi noticiada na rádio Pax:

  4. nikonman diz:

    @anónimo – sei que vc será pessoa paciente, pois vem aqui, mesmo sem pachorra.
    Adiante.
    Não comento mais nenhuma promessa/anúncio deste Presidente. Quer que lhe diga quantos anúncios foram já feitos de coisas que se ficam pelos anúncios? É que de boas intenções estão as campanhas eleitorais fartas. Não sabíamos que elas continuavam quando se chegava ao poder. Já agora poderia ter referido o outro anúncio presidencial: “os preços dos bilhetes também irão baixar”. Certamente por obra e graça do Sr. Presidente. Haja pachorra, digo eu!

  5. Anónimo diz:

    Nikonman,

    Sabe a baixa dos preços dos bilhetes deve ser para compensar o aumento da electricidade que aí vem ou as taxas de internamento hospitalar. Sabe o seu camarada Santana Lopes, por muito menos, foi crucificado, ao passo que agora o Sr. Engenheiro é aplaudido. É uma questão de boa “imprensa”. É que andamos todos a ver passar os comboios. Quanto a coisas que se ficaram pelos anúncios, houve aqui tantos posts sobre coisas que nunca se verificaram ou que colocaram em causa a honorabilidade de certas pessoas que não vale a pena entrar por aí.

  6. nikonman diz:

    “houve aqui tantos posts sobre coisas que nunca se verificaram ou que colocaram em causa a honorabilidade de certas pessoas que não vale a pena entrar por aí.” – vale a pena sim senhor. Enuncie-os!

  7. Machado de Assis diz:

    Ainda não consegui perceber se as duas ligações são uma Beja-Oriente e outra Oriente-Beja ou o que se passa agora, que acabam por ser quatro ligações.

  8. nikonman diz:

    @machado de a. – manter-se-ão as ligações existentes. Julgo que com alguns ajustes nos horários.

  9. Anónimo diz:

    Olhe lembra-se deste post sobre as eleições na Região de Turismo de Évora, colocado no seu blog no dia 27 de Julho ( REGIÃO TURISMO DE ÉVORA – IRREGULARIDADES ELEITORAIS). Pois bem, sabe quem é que o Tribunal Administrativo e Fiscal de Beja considerou que tinha cometido irregularidades, não sabe? Também sabe que na eleição do representante da C.M. de Évora para o colégio eleitoral da Região de Turismo de Évora foi eleita uma vereadora da CDU, na qual o seu camarada Dieb votou, derrotando o Presidente da Câmara de Évora? Então se deu a primeira notícia, porque não deu nota dos desenvolvimentos subsequentes? É que assim o nome do Presidente da RTE ficou em causa, quando parece que, tendo em conta a opinião do tribunal, afinal o homem tinha razão.

  10. nikonman diz:

    lembro, sim senhor! e diga-me então onde pus em causa a honra de quem? se conhece a história, também lhe deve conhecer os episódios e se os conhece bem, saberá certamente a “trafulhice” que eles representam. E, repare, não defendo nenhum dos intervenientes. Estou tão perto do Dieb como estou longe do presidente da c. de Évora ou do presidente da região de turismo. Se acha que aquilo não foi tudo uma questão de negociata e de falta de transparência, então é porque é defensor dessas atitudes.
    Não persista em colar-me aos “camaradas” que nem sei quem são nem o que pensam. Sou responsável por aquilo que penso e escrevo. Assumam os outros as suas responsabilidades.

  11. fairwind diz:

    Acho que é a primeira vez que vou fazer aqui um comentário… mas é assim gostemos ou não… o inter continua mas ficamos mais pobres… porquê, perguntam vocês?! Pois é que pelos vistos os senhores de Évora para variar vão ficar com mais ligações do que Beja com o inter… que em certo aspecto nem se entende!!! Se costumarem viajar no inter, iriam perceber porque!! É que se tomasse atenção ao numero de utentes normalmente viaja senão o dobro, quase… de utentes de Beja do que Évora e não me venham com a desculpa que era por causa da automotora da idade da pedra entre Casa Branca e Évora…

  12. Alentejano mas não parvo diz:

    Sinceramente vós andai todos a dormir, ou não fossem Alentejanos. Então onde estavam vocemecês todos quando recentemente lhes foi retirado o comboio azul (Faro-Porto) que servia alguns dos cada vez menos estudantes universitários de Beja? Não é ridículo cantarem vitória com a manutênção de um serviço, quando Évora leva um forte incremento da oferta? Á compadres!

  13. preocupado diz:

    @Alentejano mas não parvo
    “O Comboio Azul liga, desde os anos 80, directamente o Norte ao Sul do país, uma vez por semana. Às Sextas circula no sentido Faro-Porto, com saída do Algarve pelas 15.32 e chegada à estação de Campanhã pelas 00.35. Aos Domingos é a vez de circular no sentido Norte-Sul, com saída de Campanhã às 22.45 e chegada a Faro no dia seguinte pelas 07.06”
    Qual foi o estudante de Beja que estudava em Lisboa, Coimbra ou Porto que se serviu deste comboio?

  14. Alentejano mas não parvo diz:

    Este amigo desconhece que existe ensino superior em Beja. Do conhecimento que tem dos horários também deve saber que Beja irá ficar com menos comboios que permitam aceder a Lisboa. Essa é a realidade que os espera, mas isso que importa? Quem não se importa com o azul, pouco se importará com o vermelho, ou até o verde. Atam na éi?

  15. Luís diz:

    Eu continuo cá com a minha: os preços são desajustados ao serviço e “ninguém” quer saber do comboio.

    Há coisa de um mês vim de Lisboa para Beja no IC e chegámos a Beja dez gajos no máximo. E era Sexta Feira.

    O problema é de fundo, tem a ver com as linhas e as estações. Até há bem pouco tempo o trajecto Beja – Funcheira (que fazia ligação à linha do Algarve) tinha uma linha de 60 km/h e 40 km/h em partes do percurso. Parava em Penedo Gordo (era apeadeiro mas era a única que servia população), Santa Vitória / Ervidel (nem numa coisa nem noutra, era num ermo), Figueirinha (o comboio parava mas não havia estação, só ruínas), Castro Verde / Almodôvar (esta estação é no concelho de Aljustrel e acho que está tudo dito…), Casével (vide Figueirinha) e Ourique (vide Santa Vitória). Levava 1h32m até à Funcheira. Isto é serviço que se apresente? Que populações serve para além de Beja e Penedo Gordo? Quem conhece a linha sabe do que estou a falar.

  16. zé luis diz:

    Pois é. Grande parte do país teve uma melhoria significativa do serviço ferroviário. O Alentejo não. E o Baixo Alentejo não vai ter. De quem é a culpa? Alguns só agora acordaram. A reboque ou empurrados.

Deixe Uma Resposta