Dez 30 2005

O PCP E O DIÁRIO DO ALENTEJO

Publicado por as 9:27 em A minha cidade

O PCP votou ontem, em sessão da Assembleia Municipal de Beja, contra uma moção apresentada pelo PSD onde, na sua matéria resolutiva se dizia:

” – Sugerir que o Diário do Alentejo não volte a ser conduzido e a estar ao serviço de uma só força política;

– Apelar para que a nova Direcção do Diário do Alentejo seja assumida por profissionais de jornalismo, o que deontologicamente dará maiores garantias de isenção daquele semanário;

– Apelar para que o vasto leque de colaboradores do DA não seja afastado, garantindo-se assim a pluralidade que se exige a um órgão de comunicação social que tem na sua matriz a defesa dos interesses de todos os alentejanos”.

A moção teve os votos favoráveis de PSD e PS, mas acabou por ser reprovada pela maioria absoluta que o PCP tem naquela Assembleia.

Se dúvidas restassem, aqui está mais uma prova de que, na realidade, o PCP quer mesmo tomar conta do DA.

Share

12 Resposta a “O PCP E O DIÁRIO DO ALENTEJO”

  1. de abalada para o ano novo diz:

    Olha eles, olha eles…
    Eheheheheheh
    A quererem controlar o PCP, e a “tentar” marcar pontos para que o DA não lhe fuja das mãos e continuem a fazer o que faziam até aqui..
    Eheheheheheheh
    Parabens à bancada da CDU na AM de Beja por mostrarem a sua dignidade, e mantarem a dignidade do DA, e da sua actual direcção!
    😉

  2. nikonman diz:

    ó kamarada, vocês só têm na mente a palavra “controlar”. Xiça!

  3. renovador diz:

    Não o PCP não quer controlar nada não!
    Apenas acha que as regras democráticas se devam aplicar quando…estão em minoria! Foram, são e serão sempre assim! Bravo!

  4. Anónimo diz:

    O PCP quer controlar tudo…

  5. de abalada para o ano novo diz:

    Bem se vê…

  6. Che diz:

    Eu aprovo a coerência da coisa, e acho bem.
    O “fundo maneio” do “Alentejo Popular” estava a chegar ao fim e os camaradas têm mais que fazer (“compras” e “prendas” de Natal…) do que injectar mais dinheiro num projecto moribundo.
    E como o Chico Santos não vai aguentar quatro longos anos a assistir de braços cruzados a toda a “porcaria” que todos os dias lhe vem ao nariz lá de dentro dos baús ainda quentinhos da “herança” envenenada que lhe tramaram, é normal e natural que o PCP tenha de começar a trabalhar cedo no controlo da opinião pública.
    Não resisto a destacar uma pérola do saudoso ex-vereador Vítor Silva na última edição do “DA” que, a propósito do editorial de “despedida” de AJB, vê aí “os sentimentos de profundo anticomunismo que AJB manifesta”.
    Ao lermos esta enormidade, apetece dizer que ainda foi brando o “anticomunismo” de AJB, pois durante o seu “mandado” deu regularmente voz a tantos comunistas “primários”, que só por masoquista obediência ao princípio do pluralismo teriam lugar em qualquer jornal criterioso.

  7. Miguel Pestana diz:

    A bancada da CDU na AM de Beja pensa que controlar o DA significa controlar os alentejanos? Estão enganados! Não estamos no 25 de Abril, nem em nenhuma ditadura salazarista! Se querem um DA isento têm que deixar e controlar uma coisa que não é de um partido mas do povo! Que é escrito para o povo! Faz parte do povo!

  8. zig diz:

    Controlar o quê e quem? Parece-me que este jornal é cada vez menos lido, noto isso nas visitas no meu café habitual, antigamente, mal o jornal chegava na Sexta-feira, corria logo toda a gente para o ler. Agora, está lá a disposição e raramente alguém pega nele….

  9. re21 diz:

    Acerca do DA já dei a minha opinião mais abaixo num outro post,mas relativamente a este post temos que ter em conta que os eleitos para a Assembleia Municipal foram eleitos pelo povo de Beja,a vontade política do povo de Beja tem que ser respeitada foi exercida democráticamente,é claro e óbvio que os outros poderão discordar mas nunca desrespeitar ou colocar em causa a legitimidade de tal votação.Façam pois os discordantes e por sua iniciativa um profundo debate político acerca da questão,mobilizem a sociedade civil que existe para alêm dos partidos políticos,exerçam a vossa cidadania que é um direito democrático que vos assiste,reaprendam a exercer a democracia.

  10. Lúcio diz:

    Apenas foi exercido o direito de voto daqueles que têm legitimidade para tal.
    Ou estou enganado?

  11. G*** diz:

    @Lucio
    Também porque “apenas foi exercido o direito de voto daqueles que têm legitimidade para tal.” sic, outras Assembleias Municipais já aprovaram exactamente o oposto daquilo que o PC defende pró Diário do Alentejo.

    Ditadura da maioria com ditadura da maioria se paga

  12. paulo diz:

    Por vezes gosto de te visitar, sem por e raras vezes comento aqui no teu cantinho.
    mas agora não resito e concordo com o que escrevu o LUCIO, os votos foram legitimos é por isso que a CDU é maioria. Aqui ou em qualquer lugar.Podemos não concordar com a politca que foi eleita temos sim é criticar ou ter opinioes que ajudem no bom e no mau governo que os autarcas fazem. No meu caso o meu conselho é maioria socialista e não é por isso que sou contra da direcção do jornal local.Se algo não cheira bem eu denucio com provas é claro.
    Um abraço e boa semana
    paulo