Jul 21 2005

CONTO DA MADRUGADA -13-

Publicado por as 12:26 em Intimidades

A noite cheia de luar envolvia-lhes os corpos adormecidos.
Um ligeiro toque desperta os sentidos.
Ele, com os lábios fogosos e sorridentes sugere-lhe um abraço que a cerca.
Malicioso, “queres preliminares?”, e salpicando-a de beijos, ouve sem receios “vou fazer-te uma lista do que quero”.
A lua cheia escondeu-se, por momentos, dando lugar aos reflexos de gotas de suor que se instalaram nos seus torsos.
A madrugada refrescou-lhes os corpos ardentes e a lua cobriu-os como um lençol de linho

Share

8 Resposta a “CONTO DA MADRUGADA -13-”

  1. mfc diz:

    O véu que tudo desnuda…

  2. Nilson diz:

    Excelente texto com uma boa fotografia.

    PS: obrigado pela tua visita

    Um abraço

  3. wind diz:

    Lindo.

  4. lumife diz:

    Como em tão pouco se diz tanto. Muito bom o conjunto.

  5. Cerejinha diz:

    Fabuloso!

  6. azenhas diz:

    A noite sempre foi boa conselheira…

    Um abraço.

  7. charlie diz:

    A madrugada foi sempre uma boa madrinha para histórias deliciosas.

  8. Afrodite diz:

    Muito sensibilizada pela sua visita, agredeço e retribuo.
    O seu blog encantou-me. Voltarei.

Deixe Uma Resposta