Mai 30 2005

O MAL PORTUGUÊS

Publicado por as 11:12 em Geral

Não há político que não anuncie que a solução dos problemas do País tem que passar….pelos portugueses.
Produzindo mais e blá, blá, blá!
Curiosamente, os portugueses acreditam nos políticos. Logo, acreditam em si próprios.
Pura ilusão!
Os portugueses sofrem de vários males. Criados e alimentados desde o berço.
Não aceitamos, para dar só um exemplo, a mais elementar regra de comportamento cívico: atravessar uma rua utilizando uma passadeira.
Mais.
O sinal vermelho para peões deve ser, aos olhos dos portugueses, uma invenção de gente exótica e estranha, pelo que não se deve respeitar.
Mais grave: adultos, com crianças pela mão, teimam em fechar os olhos a essa sinalização, dando mau exemplo aos mais jovens, criando a ilusão nas crianças que as regras (as mais elementares) são para desobedecer.
Pior ainda: chamados à atenção, insultam quem pretende cumprir as regras (mínimas).
O mal português não se resolve com os anúncios da classe política.
Resolve-se em casa, desde a idade do berço, à mesa das refeições, no simples gesto de se aprender a dizer “bom dia” ou “muito obrigado”.

Share

3 Resposta a “O MAL PORTUGUÊS”

  1. charlie diz:

    Obrigado João por este lição de civismo….

  2. Mad diz:

    Com um pai assim as tuas filhas só podem ser um autentico tesouro.

  3. Miguel Pestana diz:

    Apoio! só assim as crianças e depois quando adultos serão capazes de se respeitar uns aos outros e o conceito de “sociedade” melhorará.