Arquivo de Maio de 2005

CHAT-POST

31 de Maio de 2005

Este é um post vazio.
Pretende-se que a caixa de comentários seja uma sala de chat.
Escrevam, falem uns com os outros.
E este ficará sempre como um post vazio.
Mas cheio de comentários.
Vamos a isto?

Share

DESTAQUE

31 de Maio de 2005

O JCD tem um blog. Conheci o João nos meandros da fotografia e sigo-lhe o rasto agora na blogosfera.
Ele edita o Jaquinzinhos, que é um blogue sulista, sportinguista e liberal.
Para comemorar o 2º aniversário do blogue, o JCD publicou alguns dos comentários com que tem sido mimado: “”És mesmo básico“, “és mesmo palhaço!” ou “a integridade sempre espantou os porcos fascistas como tu“. Calculo as gargalhadas do JCD.
Já agora: há dois anos foi ele quem me ensinou a dar os primeiros trambolhões na blogosfera.
Parabéns, João, e que venham mais aniversários cheios de peixe fresco.

Share

MERCADO MUNICIPAL DE BEJA

31 de Maio de 2005

O Mercado Municipal de Beja é o reflexo da Câmara que governa a nossa cidade.
Tornou-se num espaço degradado, sujo, impróprio e sem qualquer atractivo para o consumidor.
As condições de trabalho para quem ali faz o seu comércio são idênticas às que conhecemos em países sub-desenvolvidos.
A Câmara de Beja há muito que promete intervenções no local. Mas o executivo camarário não olha para as pessoas, despreza os munícipes e ignora que um Mercado Municipal é a montra de uma cidade.
Enfim, Outubro já não está longe!

(leia comunicado aqui assim como artigo e fotos em notícia da Radio Pax)

Share

O meu chá de hortelã

31 de Maio de 2005

Nessa tarde o Sol escaldava o bastante para apetecer uma limonada bem fresca, algo que conseguisse atenuar o calor desse último dia de Maio.
Não lhe apetecia sair, mas ao mesmo tempo algo o impulsionava a desafiá-la.
Convidá-la para sua casa não era hipótese viável. Com que motivos, que razões apresentar?
Mas queria ardentemente estar perto dela, ver-lhe os olhos, sentir-lhe o cheiro.
Convidou-a para um chá. O seu chá preferido. Que sabia lhe iria refrescar a boca e os impulsos.
Na pastelaria pediu que lhe preparassem 2 chás e, se possível, o servissem bem fresco.
Quando ela chegou, o chá estava pronto. Ele olhou-a e percebeu que ela o estava a analisar profundamente.
Sentiu-lhe o aroma do perfume que trazia. O sorriso pareceu-lhe único.
Ela bebia-lhe as palavras enquanto saboreava o chá. Ou talvez o contrário.
Trocaram breves ideias sobre coisas vulgares.
Despediram-se.
Mas sabiam que aquele seria o primeiro. De muitos encontros.

(um ano depois, após encontros e desencontros, estamos juntos. e posso gritar que te amo)

Share

PIANISTA…

30 de Maio de 2005


poster de Justin Bua

… ou Homem-do-Piano?
O que se pede é que o deixem assim. Com um piano, a tocar, a fazer aquilo que mais gosta.
Porque quando lhe revelarem a identidade, lhe trouxerem à memória outros sons, ele deixará de ser o mesmo.
E o Mundo perderá um Homem-do-Piano.

Share

O MAL PORTUGUÊS

30 de Maio de 2005

Não há político que não anuncie que a solução dos problemas do País tem que passar….pelos portugueses.
Produzindo mais e blá, blá, blá!
Curiosamente, os portugueses acreditam nos políticos. Logo, acreditam em si próprios.
Pura ilusão!
Os portugueses sofrem de vários males. Criados e alimentados desde o berço.
Não aceitamos, para dar só um exemplo, a mais elementar regra de comportamento cívico: atravessar uma rua utilizando uma passadeira.
Mais.
O sinal vermelho para peões deve ser, aos olhos dos portugueses, uma invenção de gente exótica e estranha, pelo que não se deve respeitar.
Mais grave: adultos, com crianças pela mão, teimam em fechar os olhos a essa sinalização, dando mau exemplo aos mais jovens, criando a ilusão nas crianças que as regras (as mais elementares) são para desobedecer.
Pior ainda: chamados à atenção, insultam quem pretende cumprir as regras (mínimas).
O mal português não se resolve com os anúncios da classe política.
Resolve-se em casa, desde a idade do berço, à mesa das refeições, no simples gesto de se aprender a dizer “bom dia” ou “muito obrigado”.

Share

PRAÇA ESTRANGULADA

30 de Maio de 2005


foto: joão espinho

Continuam a prejudicar a Praça. Já não há quem tenha mão nos idiotas que, vá-se lá saber porquê, teimam em estragar a paisagem.
Agora colocaram mais 2 conjuntos de estacionamentos para bicicletas, na Praça da República, ponto mais elevado da cidade, não se sabe bem para quê. Por acaso, ou talvez não, estes estacionamentos foram colocados em cima de marcações de pista ciclável. Porém, em Beja, quem anda de bicicleta não vai à Praça (diria mesmo, em Beja ninguém vai à Praça). Desapareceu a pista ciclável para dar lugar aos estacionamentos para…. bicicletas!!!!

São os últimos cartuchos de quem está de abalada, deixando a marca da falta de novas e renovadoras ideias para a cidade.
Enfim…

Share

EDUCAÇÃO SEXUAL NAS ESCOLAS

29 de Maio de 2005


foto: ernst brechbühl

A estimulação dos órgãos genitais, a masturbação, pode aprender-se nas escolas. Mas não em salas de aulas onde professores/as desconhecem o seu próprio corpo.
Não consigo perceber a discussão (pouco honesta) que se gerou sobre um documento, repito, DOCUMENTO, que nada tem a ver com Educação Sexual, pois essa disciplina não existe, dado que, até hoje, nenhum Ministério da Educação a criou, e tão pouco há professores especializados na matéria.
Conselho aos pais: o trabalho de casa é, neste caso, para fazer mesmo. A comunicação com os nossos filhos continua a ser essencial.

Share

1 ano aliciante

28 de Maio de 2005

Este blog serve para criar cumplicidades entre quem escreve e quem lê…

E foi assim que a Mad começou há 1 ano.

Share

Há 2 ANOS

25 de Maio de 2005

Escrevia-se assim na Praça!
Parece que funcionou.
Obrigado aos não sei quantos visitantes e comentadores.

Share

Bom feriado…

25 de Maio de 2005

… boa ponte, bom fim de semana, muito sol, praia, sejam felizes.


foto: morozova tana

Share

Estou de volta…

25 de Maio de 2005

… e com o calor que tenho, não sei se coma citrinos…

ou morangos….

Share