Mar 19 2005

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA EM OURIQUE?

Publicado por as 17:29 em Geral

Só pode ser brincadeira!

Várias entidades do Distrito de Beja estão a receber uma carta que terá sido remetida pelo recém eleito deputado pelo círculo do Porto, José Raúl dos Santos.
Conforme se pode constatar pelo envelope, a referida carta foi enviada através dos CTT de Ourique.

Image hosted by Photobucket.com

Quer o envelope quer a carta apresentam o escudo da República Portuguesa. Porém, este escudo não está timbrado e em relevo como é uso, sendo um simples desenho inserido e printado em ambos os documentos.

Image hosted by Photobucket.com

Seria bom que o referido deputado esclarecesse se, na realidade, é o autor da carta. Sendo, há qualquer coisa que está muito mal. Não sendo, seria bom que se soubesse quem quer tramar José R Santos.

Share

3 Resposta a “ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA EM OURIQUE?”

  1. charlie diz:

    Eu sei quem foi!
    Mas só digo se prometerem segredo.
    Vale?
    Então vai. Quem tramou o José Raúl dos Santos foi,
    ………..(rufo de tambores, suspense, arrojo coragem e desprezo pela vida……)
    Senhoras e senhores o tramador foi, (mais rufos) nada mais nada menos que….
    —O Roger Rabbit!!!!

    A assistência presa às palavras do apresentador exclama: Ahhhhhhhhhhh!

  2. Laranja diz:

    Como será possível que um Deputado use papel timbrado da Assembleia da República, ainda por cima para se colocar à disposição dos seus concidadãos?…
    Como será possíval, ainda por cima, que esse deputado já tenha lido a Constituição e saiba (pelos vistos ainda há quem desconheça) que os Deputados, após a eleição, são Deputados da Nação e não têm o seu trabalho circunscrito aos círculos onde foram eleitos?…
    Como será possível, ainda por cima, que dos vários deputados eleitos nenhum tenha nascido em Beja, perdendo-se na Assembleia da República essa nata da intelectualidade alentejana que, durante anos, contribuiu para aredondar a parede da antiga Papelaria Correia (Fernandes agora) ou, ainda hoje, se arrasta penosamente pelas cadeiras do Luís da Rocha?…
    Como será possível, ainda por cima, que o PSD tenha entregue essa tarefa a um rural, em detrimento de cristãos-novos urbanos, experientes no xadrez de bastidores, que, assim, condoídos, se viram forçados a patéticos cortejos de despedidas?…

    Tudo isto não seria tão triste se, mesmo assim, os urbanos não deixassem transparecer tanta dor, atacando alguém apenas porque se propõe trabalhar pela nossa terra sem, antes, pedir a benção ou, sobretudo, se deixar envolver na teia de interesses que, a seu tempo, verão, se tornarão públicos pelo público?

  3. Anónimo diz:

    @Laranja – também você que sempre defendeu os interesses de “Ourique” foi enganado? ou não reparou que o documento foi falsificado? Isto é, o timbre usado no envelope não coincide com o timbre utilizado pelos deputados da A.R.
    O pior cego é aquele que não quer ver.