Abr 30 2004

CRÓNICA RÁDIO PAX

Publicado por as 9:59 em Crónicas

Todos nós temos ou tivemos um sonho.
Lembro-me de, em pequenino, sonhar assim:

Quando eu for grande quero ter um carro topo de gama.

Mas nos meus sonhos, eu via uma estrada linda e bem arranjada, que ligava a minha cidade a uma aldeia chamada Salvada.
Eu via o Mercado Municipal da minha terra cheio de gente, porque era um espaço bonito, funcional e limpo.
No Natal, a minha cidade tinha as ruas engalanadas de luzes cintilantes que davam vida e brilho ao centro histórico.
Nos meus sonhos eu também via um Cine-Teatro com uma programação de excelência, com teatro e cinema, exposições e congressos.
A minha cidade tinha, nos meus sonhos, uma Casa onde se fazia Cultura. Com condições para os Grupos e Associações desenvolverem os seus projectos culturais.
Esta minha terra era também um ponto de atracção turística. O Castelo tinha vida própria e actividades interessantes. Até o largo em frente à Sé era um espaço livre de automóveis.

Ah! É verdade. Este meu sonho começou por ser um carro daqueles velozes, de cor escura e vidros fumados.

Agora, que já sou grande, e mesmo sem dinheiro, vou comprar uma dessas bombas.

Mas… pensando bem… para que quero eu um carro se depois não tenho sítio para o estacionar?

Share

Uma Resposta a “CRÓNICA RÁDIO PAX”

  1. Zé Chaparro diz:

    Até a mim que não tenho nada a ver com nada me doem as orelhas…
    Abraços