Arquivo de Janeiro de 2004

Aqui neste espaço da blogosfera,

23 de Janeiro de 2004

Aqui neste espaço da blogosfera, a que chamei de Praça da República, tenho manifestado algumas apreensões relativamente à intervenção urbana a que se está a submeter a cidade de Beja, intervenção esta integrada no programa POLIs. Muitas destas apreensões tomam a forma de crítica, decorrente do mal estar que sinto pairar no ar desta “nova” cidade. Aqui, nesta Praça da República, outros têm manifestado as suas opiniões, corroboradas ou contrariadas de imediato por outros cidadãos, sem que, até hoje, tenha sentido a necessidade de “impor” a minha “autoridade” de administrador do blog para moderar as opiniões aqui expressas. Quando ainda aqui não existia a possibilidade de comentar directamente os meus escritos, ia publicando a correspondência electrónica que me chegava à caixa do correio, mesmo aquela com a qual não concordava. Cheguei mesmo a publicar aqui o texto de um mail onde se fazia um juizo da minha suposta intenção perseguidora do PCP. Apesar de a vontade ter sido enorme, não respondi, porque o e-mail era anónimo.
Esta Praça da República é, tem sido desde o seu primeiro dia (faz hoje 7 meses), um espaço de opinião livre ou, como lhe chamo, um local de “desabafos urbanos na cidade de Beja”.
Contrariamente ao que muitos pensarão, a blogosfera não é feita só por aqueles que têm tempo para escrever. Os blogs são hoje um meio de expressão – ou comunicação – onde os cidadãos manifestam as suas opiniões, de uma forma descomprometida e sem restrições de agenda/calendário. Isto verifica-se ainda mais quando, em meios urbanos pequenos, os cidadãos não têm acesso aos OCS ou, desejando manifestar os seus pontos de vista, não desejam ter a exposição a que obriga a assinatura de um artigo ou de uma crónica. Aqui, no espaço ocupado pelos blogs, a comunicação é feita em tempo real! E hoje são poucos os que abdicam desta velocidade e respectiva interactividade.

Hoje, no Diário do Alentejo, o seu director viu-se na obrigação de escrever que “queremos aqui reiterar a nossa disponibilidade para que, entre defensores e críticos do Polis, as páginas do .Diário do Alentejo. continuem a proporcionar, nos próximos meses, um confronto sadio, democrático e estimulante.”

Estando de acordo com a quase totalidade do que escreve António José Brito, uma dúvida surgiu-me quando acabei de ler o seu artigo de opinião.
A minha dúvida é: que necessidade teve o director do DA de vir dizer, agora, em extenso artigo, que aquele semanário “tem o firme propósito de prosseguir um caminho de liberdade e independência, no cumprimento do estrito dever de informar e prestar um serviço público de qualidade, com rigor, no qual os alentejanos se possam rever . mesmo que discordem deste ou daquele critério; que contestem esta ou aquela solução.“?
Será que esta atitude do director do DA é uma resposta a algum tipo de pressões a que esteja a ser sujeito por, nas suas páginas, pessoas de Beja (algumas ligadas à cultura) criticarem asperamente algumas das intervenções do POLIs?
São questões que me surgiram e que até podem não ter fundamento.
O que desejo é que o DA, depois de ter abandonado a sua linha pró-PCP, se mantenha independente de todos os poderes e continue como um espaço aberto e democrático. Como esta Praça da República.

Share

Greves

23 de Janeiro de 2004

Sobre a anunciada greve do funcionalismo público:

SOU FUNCIONÁRIO PÚBLICO E NÃO ESTOU EM GREVE!

Share

O BLOGUITICA revela o resultado

22 de Janeiro de 2004

O BLOGUITICA revela o resultado da sondagem que levou a efeito sobre a notícia do Expresso (ver mais em baixo). Assim:

dos 34 participantes na sondagem, 18 consideraram ter sido Marcelo Rebelo de Sousa a fonte da notícia.
Segundo um dos votantes “(…) tudo aponta para que tenha sido MRS porque:

[1] parece ser o seu estilo de intervenção;
[2] o Expresso sempre foi o seu veículo de eleição para fazer circular determinadas informacões;
[3] se afirma como um insider do grupo de Cavaco Silva o que lhe permite manter aquela postura de .ou ele ou eu, que até sou um delfim presidencial.;
[4] mostra como Pedro Santana Lopes está fora de jogo e ele está dentro;
[5] a notícia tem uma alfinetada a Durão Barroso que parece ser o seu tipo de coisa; e,
[6] porque a notícia surge uma ou duas semanas depois da cena do neto, como que recordando ao país que até já tem idade para ser presidente (ao contrário de Santana.).

Comentário na Praça:

Pensei que a percentagem MRS fosse ainda mais arrasadora. Fica-me a curiosidade de saber onde recaíram os outros votos e quais as suas justificações (se as houve). Também seria interessante escutar outras interpretações (a quem interessou verdadeiramente a notícia?).

Esta sondagem teve o condão de nos ensinar a ler as notícias que nos vendem nos OCS!

Está de parabéns o BLOGUITICA por esta iniciativa.

Share

Em entrevista à Radio Pax,

22 de Janeiro de 2004

Em entrevista à Radio Pax, transmitida ontem à tarde no programa “Prisão Preventiva”, José Raul dos Santos afirmou que, no processo do aeroporto de Beja, Durão Barroso fez promessas baseado em dados não verdadeiros. JRS afirmou que “Durão Barroso foi enganado!“.

Quem enganou Durão Barroso?
Quem tramou o 1º Ministro?
Onde está o Wally?

Share

sondagem

22 de Janeiro de 2004

Está a decorrer, desde o princípio da semana, uma sondagem levada a cabo pelo BLOGUíTICA, onde se desafia os leitores a responder a uma pergunta tão simples como esta:
“Ricardo Salgado, presidente do grupo Espírito Santo, promoveu, na semana passada, um jantar em sua casa com os casais Cavaco Silva, Durão Barroso e Marcelo Rebelo de Sousa. O encontro serviu para pressionar Cavaco Silva a candidatar-se às próximas eleições presidenciais”, in Expresso.
Querem fazer uma aposta sobre quem é que informou o jornal da ocorrência do jantar?

[1] Ricardo Salgado?
[2] Cavaco Silva ?
[3] Durão Barroso?
[4] Marcelo Rebelo de Sousa?
[5] Pedro Santana Lopes?
[6] Outro personagem?

Envie o seu palpite e respectiva argumentacao para: bloguitica@hotmail.com.

Praça da Repúlica já participou nas respostas e divulgará aqui o resultado desta sondagem, que deverá ser conhecido ao longo do dia de hoje.

Share

CÉLIA -5-

21 de Janeiro de 2004

Estás disponível agora?”
Em que sentido? – foi a minha reacção.
Não, não quero ir tão longe.“, disse Célia com a sua voz normalmente cativante, “só aquela disponibilidade para ouvires.”
E avancei com a habitual ‘desde que não me faças perguntas’, o que me obrigaria a desenvolver respostas.
Pois era mesmo para te fazer a pergunta se…“, diz, não tenhas receios! ‘Eu continuarei calado!.’
Foi o telefonema mais longo deste novo ano.

Share

Cuidados básicos

21 de Janeiro de 2004

CUIDAR DA ALMA E DO CORPO

Tem um nome atraente e sugestivo. Dedica-se a tratar-nos da linha e das coisas da auto-estima. Enquanto baixamos as calorias elevamos a nossa forma.
Ainda só disponível onde tudo acontece, não tardará a chegar à pátria lusa.
Será que Beja vai aderir ao Cardio Striptease?

Share

PROJECTO EDITORIAL DO ALENTEJO

20 de Janeiro de 2004

PROJECTO EDITORIAL DO ALENTEJO 2004 – Apoio à Edição de Estudos e Obras Literárias

Acabei de ler no Ideias Soltas e faço também aqui a divulgação desta iniciativa do Ministério da Cultura.

Share

PSD/BEJA – OS AVISOS DE OURIQUE

19 de Janeiro de 2004

Em declarações à Rádio Pax, José Santos, autarca de Ourique, e durante anos presidente da distrital de Beja do PSD, parece querer deixar ao reconduzido Amílcar Mourão, alguns avisos que, no mínimo, são inconsistentes e descabidos.
Em primeiro lugar, vinda de quem vem, a expressão .unidade (ou união) do PSD-Beja. soa a adultério, pois faz antever falta de solidariedade e fidelidade.
Mas não é esta a questão maior.
O mais preocupante é saber que, José Santos, enquanto líder distrital dos social-democratas, nunca fomentou a unidade na família laranja; pior, sempre foi o seu máximo divisor comum. Recordo aqui, para os que estão esquecidos, que foi José Santos o único presidente de uma comissão política distrital, que eu tenha conhecimento, a pedir a demissão do Presidente do PSD (Durão Barroso). Se isto é filosofia de unidade, então bem prega Frei Tomás!
Estes avisos, para além da deselegância e falta de oportunidade dos mesmos e vindos de quem nunca soube unir o PSD/Beja, não soam como um conselho de amigo, já conhecedor dos corredores da política de bastidores, mas como uma atitude de quem espera a sua vez para se tornar no principal actor em cima do palco.
Seguramente que os social-democratas bejenses saberão encontrar os caminhos da unidade, evitando unicidades e conselheiros de ocasião.

Share

IMPROVISOS AO SUL

18 de Janeiro de 2004

Um blog com planície alentejana e jazz. É a mistura que se exige.
Esperam-se acordes bem sonantes.
Chama-se IMPROVISOS AO SUL. A quem dou as boas-vindas à blogosfera!

Share

ELEIçÕES DISTRITAL PSD/BEJA Resultados

18 de Janeiro de 2004

ELEIçÕES DISTRITAL PSD/BEJA

Resultados verificados na Secção de Beja.

Inscritos: 102

Comissão Política: 23 sim; 9 brancos; 2 nulos
Mesa da Assembleia: 24 sim; 10 brancos; 2 nulos
C.Jurisdição: 25 sim; 9 brancos; 2 nulos

A Lista de Delegados da Secção de Beja à Assembleia Distrital obteve: 32 sim; 3 brancos; 1 nulo.

Certamente que os OCS local darão os resultados verificados nas outras Secções assim como farão eco das declarações dos principais protagonistas destas eleições.

Sobre os resultados verificados na Secção de Beja, posso tirar uma conclusão: esta Comissão Política, que se apresentou a votos, não mobilizou os militantes social-democratas do concelho de Beja.
Nem vale a pena perguntar porquê…..

Share

GÉRARD CASTELLO-LOPES É

17 de Janeiro de 2004

FOTOGRAFIAS DE GÉRARD CASTELLO-LOPES

É em Lisboa, no CCB, mas não se deve perder.
Logo que haja oportunidade, estarei lá para ver esta exposição.

Share