Set 21 2018

Diário do Alentejo

Publicado por João Espinho

Share

Set 21 2018

Dos cobardes

Publicado por João Espinho

Antigamente criavam blogs “anónimos”. Depressa perceberam que não conseguiam atingir os objectivos.
Depois começaram a comentar “anonimamente” nos blogs. Até perceberem que estavam a ser descobertos (tenho 3 exemplos que divulgarei quando considerar oportuno).
Agora a moda é criar perfis falsos nas redes sociais. Grupinhos de cobardes que têm medo de dar a cara. Mas a máscara cai-lhes rapidamente. Querem exemplos?
Em breve neste blog. Mantenha-se atento.

Share

Set 20 2018

Ninfomaníaca

Publicado por João Espinho

Depois de sabermos que dois fantoches decidiram sair do armário, sabe-se agora que a porca badalhoca e ninfomaníaca, a Piggy, terá assediado sexualmente um sapo, quando este ainda não tinha idade para sentir orgasmos. Não sei há quantos anos foi, mas só agora é que estas grandes notícias são reveladas.
O Mundo está a mudar…

Share

Set 20 2018

Exposição

Publicado por João Espinho


foto: joão espinho

Olhares Derramados Sobre a Planície – para ver no Centro UNESCO de Beja. Até 4 de Outubro.
Pintura, fotografia, poesia e artes e ofícios tradicionais.

Share

Set 19 2018

Marketing

Publicado por João Espinho

Taxistas fazem publicidade a Uber, Taxify, Cabify e Chauffeur Privé. A custo zero.
Grande campanha de marketing a favorecer as quatro plataformas eletrónicas de transporte que operam em Portugal. 🙂 🙂

Share

Set 19 2018

Aliança

Publicado por João Espinho

“Aliança Formalizada esta quarta-feira. A entrega das assinaturas no Tribunal Constitucional está agendada para as 16 horas. O novo Partido de Pedro Santana Lopes ganha forma legal, pouco mais de um mês desde o início da recolha das assinaturas. 9 meses depois de ter disputado as diretas para a liderança do PSD, quem imaginava a rutura de Santana Lopes com o seu PPD/PSD e a formação de um novo partido?” (in Expresso)

Share

Set 18 2018

O fim de um blog

Publicado por João Espinho

Voltaremos: queremos o futuro e queremos que se foda o futuro.
Acaba aqui o Escrever é Triste. Acaba sem choro, ranho ou ranger de dentes. Servimos, Tristes, a eunuca tristeza que Carlos Drummond de Andrade tão bem viu na conjugação do verbo escrever. Escrevemos, fotografámos, pintámos. Fomos aleatórios, contingentes, fortuitos. Sem rei, nem roque, sem mais objectivos do que encontrar nisso um estreitíssimo corredor lúdico. Sete anos servimos, sete anos fomos servidos. Abrimos a porta, há sete anos, só porque era bom abrir. Fechamos agora a porta, sete anos depois, só porque é muito bom fechar.

Share

Set 18 2018

As jeans de Costa

Publicado por João Espinho

É um não assunto. Mas a coisa tem alimentado algumas discussões.
De um lado: Costa, de jeans, apanhado de surpresa pela recepção angolana. O primeiro-ministro, na chegada a Luanda, foi recebido com uma cerimónia de alas militares que não esperava (aqui)
“O primeiro-ministro não estava à espera que o Estado angolano lhe fizesse uma tão solene recepção no aeroporto, que incluiu alas militares. A surpresa apanhou António Costa vestido informalmente, de calças de ganga, sem gravata e de mocassins, lado a lado com o ministro angolano das Relações Exteriores, formalmente vestido. A imagem correu as redes sociais e até o deputado socialista Ascenso Simões, antigo director de campanha de Costa nas legislativas, criticou a indumentária com que o primeiro-ministro chegou a Luanda: “De calças de ganga e sem gravata numa chegada oficial com guarda de honra? Não havia necessidade, senhor primeiro-ministro”.”

Por outro lado escreve-se no Expresso: Desconheço o que se passou na cabeça de quem gere o protocolo nestas viagens, mas alguém cometeu um erro crasso. Não porque António Costa desembarcou do avião vestindo jeans, sem gravata e trajando um ar descontraído que até lhe fica bem. Mas porque o fez em Angola, num dia feriado dedicado à memória do herói nacional Agostinho Neto, demonstrando um total desconhecimento da realidade daquele país onde a formalidade é rei. Como não acredito que o tenha feito de propósito, alguém fez asneira e da grossa.

Pronto, essencialmente foi isto.
Agora, pergunto eu. Se o estadista português fosse uma mulher em que os jeans colocassem em evidência as linhas de um corpo perfeito, alguém se queixaria da fallha no protocolo? Vá, sejam sinceros. E pronto, podem chamar-me os nomes que quiserem. Who cares?

Share

Set 17 2018

Não me comprometam

Publicado por João Espinho

Lembram-se do que aqui referi, sobre a sessão extraordinária da Assembleia Municipal?
Ficamos agora a saber que, “apesar de se ter manifestado contra, inicialmente, à deliberação proposta para esta Assembleia Municipal, o eleito do PSD decidiu abster-se na votação final” (leia aqui).

Share

Set 14 2018

Diário do Alentejo

Publicado por João Espinho

Share

Set 14 2018

Bom fim de semana

Publicado por João Espinho


foto: oleg smolyaninov

Share

Set 14 2018

Correio Alentejo

Publicado por João Espinho

Share