Nov 24 2017

Diário do Alentejo

Publicado por João Espinho

Share

Nov 23 2017

O olhar de…

Publicado por João Espinho

Poucos se recordarão de “O Olhar de…” espaço que mantive aqui de 2007 a 2009. Escrevia eu em Setembro de 2007:”É um espaço onde alguns colunistas convidados escreverão sobre uma fotografia que lhes despertou atenção. Serão olhares diferentes. Novas interpretações”.
Pretendo retomar essa rubrica. O processo é fácil. O leitor escolhe uma das minhas fotografias (foto: joão espinho) que tenha sido publicada no blog, e escreve o que lhe apetecer. Haverá leitores convidados, mas todos os que por aqui passam podem deixar o seu contributo na caixa de comentários. Têm muito por onde escolher. Em 2018, quando o blog completar 15 anos, pode ser que haja uma surpresa. Haja saúde e vontade de fotografar. Para auxiliar, podem olhar para a secção fotografia. Até logo.

Hoje, para recordar, destaco dois amigos que já partiram:

mensagens-que-o-tempo-apaga.jpg
foto: joão espinho

    Foi por certo precisa muita determinação e intencionalidade para tratar este tema a preto e branco, descarnando a fotografia da cor, elemento por certo dominante no processo de criação da sua jovem autora, aluna do 6º ano, a “Tu sabes” (e o feliz Gonçalo é que sabe), que terá à volta de 12 anos, e que deve estar a viver o seu primeiro amor.
    A renúncia à cor na reprodução publicada terá muito provavelmente a intenção de nos chamar a atenção para o significado da mensagem, por muito que a forma não tenha sido desprezada. Suportou bem essa renúncia.
    O nascimento do amor na entrada da adolescência pode ser preocupação para os pais, mas é enternecedor para os outros. Preocupante é bem sabermos, mesmo os não puritanos, que com a crescente banalização do sexo dentro de escassos três ou quatro anos o Gonçalo e a Tu Sabes se poderão tornar clientes mais ou menos assíduos da pílula do dia seguinte. Este passar, numa só geração, do 8 para o 80, gera nos mais velhos um certo desconforto.
    Melhor teria sido talvez ficarmos pelos 40.
    Horácio Flores

—————————————————————


foto: joão espinho

    A ferrugem da proibição. O trânsito dos olhares não se faz para lá da porta, por entreaberta que esteja. Houve quem escrevesse é proibido proibir! Muita gente não percebeu… E as coisas proibidas são, lá no fundo, tão descarnadas da realidade como uma porta que já nem o é…
    Rui Sousa Santos

________________________________________________________

Para uma busca mais fácil: aqui

Share

Nov 22 2017

Vencedores

Publicado por João Espinho

SPORTING 3-1 OLYMPIACOS.
Bas Dost bisou. LIGA EUROPA garantida. Mantém-se o sonho de qualificação para os “oitavos”.

Share

Nov 22 2017

Valia tudo

Publicado por João Espinho

Até mesmo ilegalidades.

Share

Nov 22 2017

Afinal…

Publicado por João Espinho

Aguardo que alguém me envie a Comunicação de serviço nº2

Parece que a coisa é ilegal.

Share

Nov 22 2017

Hoje no Pax Julia

Publicado por João Espinho

A Orquestra do Alentejo anima, esta noite, pelas 21h30, o auditório do Pax Julia- Teatro Municipal de Beja.

Durante o concerto vão ser interpretadas obras de Felix Mendelssohn, compositor, pianista e maestro alemão e, de Benjamin Britten, compositor, maestro, violinista e pianista britânico. (ler aqui)

Share

Nov 21 2017

Black Friday?

Publicado por João Espinho

Estamos na semana da Black Friday. Não compre nada sem verificar primeiro na ferramenta mais recente da DECO ou no KuantoKusta ou outros sites que conheça se aquele “descontão” é mesmo verdadeiro ou não. Agora já só é enganado quem quer.

Caso queira experimentar a ferramenta da DECO tem aqui o link:

https://www.deco.proteste.pt/comparar-precos

Em vez de colocar o link, pode saltar essa parte e escolher a loja e depois o produto e clicar em pesquisar. O resultado é o mesmo.

Acredite que há surpresas agradáveis e desagradáveis. Como digo na reportagem, não se esqueça de comparar sempre com o comércio tradicional. Pela minha experiência, os melhores preços estão nas lojas de bairro e não nas grandes superfícies. Mas tem de ser visto sempre caso a caso, como é óbvio.

Uma última nota: Só vai encontrar preços de produtos que estão online nas grandes superfícies. É aí que a DECO “varre” todos os dias os preços e guarda numa base de dados para depois o consumidor pesquisar.

Se procurar um produto muito específico ou simplesmente que não esteja online nas grandes superfícies não vai encontrar nesta ferramenta. Mas é um bom começo.

Ah! E pode usar esta ferramenta no telemóvel em qualquer loja que esteja. Basta estar em frente ao produto para saber a que preço está e a que preços esteve nas grande superfícies. É muito útil para saber se compra logo ou se é melhor esperar,

Não se esqueça de usar esta ferramenta na próxima Black Friday.

Boas compras e boas poupanças!

(in Contas-Poupança)

Share

Nov 20 2017

Mas não estava tudo bem?

Publicado por João Espinho

Recordam-se disto?

Quando se abriram os cofres, descobriu-se isto.

Transcrevo:

Pergunta: A factura da água vai aumentar?

Leia aqui

Share

Nov 19 2017

Beja – Concerto dia 8 de Dezembro

Publicado por João Espinho

À semelhança do ano passado a PANÓPLIA D’ENCANTOS – COMUNICAÇÃO & PRODUÇÃO DE EVENTOS, com sede em Beja, promove um concerto de solidariedade social com MONDA, KATIA GUERREIRO E MIGUEL GAMEIRO, no próximo dia 8 de Dezembro às 21H30 no PAX JULIA TEATRO MUNICIPAL.

Esta iniciativa conta com o apoio do MUNICÍPIO DE BEJA e da equipa do Pax Julia e de um conjunto de parceiros que se associam mais uma vez à nossa iniciativa de responsabilidade social: RÁDIO PAX, RÁDIO VOZ DA PLANÍCIE, CORREIO ALENTEJO, RÁDIO SINGA E ALCAPOTE, a quem muito agradecemos as disponibilidades para a concretização deste projecto.

Todas as receitas revertem a favor do CENTRO INFANTIL CORONEL SOUSA TAVARES, que inclui as valências de Creche e Jardim de Infância, a Casa Pia de Beja e o Centro de Acolhimento A BUNGAVILIA e cujas causas tão importantes e necessárias na sua missão merecem o nosso apoio e solidariedade.

Os bilhetes podem ser adquiridos na bilheteira do Pax Julia Teatro Municipal e na BOL.PT a partir de dia 21 de Novembro.

Os MONDA são um dos mais recentes e destacados projectos da WORLD MUSIC que fazem da nossa cultura e tradições orais a base do seu trabalho musical. São considerados pela critica como um dos mais importantes projectos musicais e com uma qualidade artistica de excelência. Na construção deste concerto que traz os MONDA pela primeira vez a Beja fomos criando a vontade de surpreender o público com um concerto especial numa ocasião muito especial. E por isso recebemos com honra e privilégio as participçaões de Katia Guerreiro e de Miguel Gameiro, artistas consagrados por várias gerações, com um agradecimento especial a ambos e às Agências GHUDE (MONDA), UAU (Kátia Guerreiro) e ao Miguel Gameiro.

Share

Nov 19 2017

Amanhecer

Publicado por João Espinho


foto: joão espinho

Share

Nov 18 2017

Beja merece o Facebook que tem

Publicado por João Espinho

É uma absoluta perda de tempo ler os comentários da página do Beja Merece+ no Facebook.
Ontem estive quase duas horas nesse exercício de perda de tempo. “Aquilo” é um verdadeiro espelho da cidade e da região. Centrada numa guerra (estúpida) entre Beja e Évora, onde postais da Associação de Defesa do Património de Beja servem para humilhar pessoas, onde se põe em causa o carácter de outras, sem que se faça uma discussão séria sobre os passos que se devem dar a seguir (já!), aquela página é “Beja no seu melhor”. Faz amanhã uma semana que estávamos em festa. Estavam contentes (muitos), estávamos desiludidos (poucos), mas era previsível o que aconteceu. A página do Facebook do BM+ é uma mesa de café onde se vomitam ódios, enquanto se bebe uma bica e se come uma queijada impregnada de veneno. O Bruno Ferreira desistiu de frequentar aquela mesa, outros se seguirão. Os administradores da página têm as suas vidas e não têm tempo para pôr termo às verborreias que por lá vão aparecendo. Os frequentadores, com motivações diversas, não conseguem travar os seus impulsos, carecendo de bom senso quando desatam a teclar sobre tudo e sobre nada.
Parece-me, pois, se quisermos que o BM+ continue a sua luta, que se deve repensar muito séria e urgentemente sobre a forma de comunicação daquele movimento cívico. Parar, reformular e depois seguir em frente.
Assim, como está, aquilo não é nada. Vale zero!
Tenho dito.

Share

Nov 17 2017

Beja Acessível

Publicado por João Espinho


O grupo “Beja Acessível” solidariza-se com o movimento Beja Merece +

João é um jovem que utiliza cadeira de rodas e muletas para se deslocar.
João vive em Beja e não tem viatura própria.
Por razões da sua vida pessoal João precisou de ir a Lisboa.
A Rodoviária Nacional ou Rede Nacional de Expressos não lhe dava garantia de transporte.
A CP, Comboios de Portugal sim.
Mas a que preço?

Bom…Como entre a automotora que procede de Beja com destino a Casa Branca, e o comboio que procede de Évora com destino a Lisboa, só existe um intervalo de oito minutos para estabelecer a ligação, João não dispunha de tempo suficiente para fazer o transbordo. Primeiro grande obstáculo e impedimento.
João contornou-o recorrendo a um amigo que o transportou de carro até Évora.
Uma vez lá, o amigo e o revisor colocaram João no comboio com destino a Lisboa.
À chegada à capital esperava-o um elevador para descer do comboio com a sua cadeira de rodas, serviço que João solicitou com 15 dias de antecedência.
Foi uma viagem difícil, com sobressaltos e com muitos obstáculos para ultrapassar.
A verdade é que não podemos cercear a autonomia dos nossos cidadãos, não podemos continuar a alimentar relações de dependência que ferem a dignidade daqueles que deles necessitam a e a eles têm direito.

Viajar, seja por que motivos for, por necessidade e por puro prazer, é um direito que a todos assiste.
Logo é um serviço que o Estado deve e tem que garantir.

Os bejenses aqui presentes estão hoje indignados (e com razão) por terem de viajar de automotora ou por não terem já sequer disponível a automotora.

E o que dizer àqueles que nem a isso têm acesso?

Estamos em pleno século XXI!

Beja têm que dispor de transportes condignos para que TODOS, inclusive aqueles que como João têm alguma limitação na sua mobilidade, para que TODOS, repito, possamos estar ligados e em contacto com o Mundo.

Não são as pessoas que têm deficiência, mas sim o envolvimento físico, comunicacional ou os preconceitos que limitam as pessoas a viver em plenitude.

E, amigos, já perceberam que estamos a falar de INCLUSÃO, e o mesmo será dizer de LIBERDADE, de CIDADANIA, de DIREITOS HUMANOS. .

Por isso, o nosso grupo de reflexão “Beja Acessível” se solidariza com o “Beja Merece +”, sugerindo que de futuro sejam exigidos comboios adaptados ao transporte de pessoas com deficiência ou com mobilidade limitada.

A vossa luta é a nossa luta!

Melhores transportes para pessoas com deficiência significa melhores transportes para TODOS nós!

Solidarizamo-nos com a luta que sabiamente têm sabido levar a cabo de forma participada e democrática!

Beja merece + , Beja merece ser uma cidade ACESSÍVEL!

Beja Acessível no Facebbok

Share