Dez 15 2017

A doçaria portuguesa – Sul

Publicado por João Espinho


Este volume, Sul, agora a ser lançado, reúne as especialidades doceiras de Algarve, Alto e Baixo Alentejo, e Península de Setúbal, num total de 172 doces. Conta-se a história e a actualidade de cada um, a partir de um rigoroso estudo bibliográfico e de uma incansável investigação no terreno em busca da sua origem.

Hoje, no Centro UNESCO, em Beja.

Share

Dez 14 2017

Mudanças

Publicado por João Espinho

Sai Helena Barreto, entra Sérgio Fernandes.

Share

Dez 13 2017

Aeroporto de Beja – o fim do marasmo?

Publicado por João Espinho


foto: Jorge Diogo

“O Aeroporto de Beja “tem sabido encontrar o seu caminho (…) e contribuído para o momento particularmente favorável do sector aeronáutico em Portugal”. A ideia foi deixada, ontem, em Beja, pelo Secretário de Estado dos Transportes e Infra-estruturas na abertura do “Open Day- I Can Fly” promovido pelo Instituto Politécnico de Beja.

Guilherme de Oliveira Martins sublinhou que o projecto de construção de um hangar para manutenção de aeronaves no aeroporto de Beja, em 2018, é “estratégico” para o cluster aeronáutico de Beja.

O governante afirmou ainda que os desafios do sector colocam-se também ao nível da construção e manutenção de aviões.”

Ler mais aqui e aqui

Share

Dez 11 2017

Lixo tóxico

Publicado por João Espinho


O PSD não necessita de andar a fazer sexo oral ao Primeiro-Ministro.
E quando o agente passivo é o director de campanha de Rui Rio, percebe-se a orgia que alguns desejam. Bloco Central? Só com o PSD a liderar. O resto é vontade de chegar ao poder, sem ideias, sem programa.
Eu bem disse que, até ao dia das eleições, ainda vamos assistir a muita cambalhota.

Share

Dez 10 2017

Abraça o meu sonho

Publicado por João Espinho

O Centro de Paralisia Cerebral de Beja desenhou um projecto a várias mãos que ilustra os sonhos de 12 utentes das valências da Instituição.
“Abraça o meu Sonho” resultou de 12 sessões fotográficas em cenários que dão cor, vida e movimento ao sonho de cada um dos participantes.
Com a recolha fotográfica criou-se um Calendário Solidário que pretende a angariação de fundos para a aquisição de um elevador de transferência para o Picadeiro da Horta de Todos do CPCB, que permita a Hipoterapia de pessoas com mobilidade reduzida, facultando maior segurança e conforto a todos os que carecem desta terapia, assim como, a requalificação e modernização do equipamento da sala de Snoezelen que tem material obsoleto e apresenta desgaste pelo uso diário.
Porque um sonho sonhado sozinho é um sonho. Um sonho sonhado junto é realidade ( Yoko Ono), junte-se a esta cerimónia solidária que terá lugar na Pousada de S. Francisco, no dia 11 de Dezembro de 2017, pelas 18h30min., com a presença de António Zambujo e Bruno Ferreira.

Share

Dez 10 2017

Domingo #393

Publicado por João Espinho


foto: nino veron

Share

Dez 09 2017

Correio Alentejo

Publicado por João Espinho

Share

Dez 08 2017

Fotografia

Publicado por João Espinho


foto: joão espinho

Share

Dez 08 2017

O regresso do interior ao discurso político

Publicado por João Espinho


foto: joão espinho

Do artigo de Adolfo Mesquita Nunes na Visão destaco:
“(…) Quando um governo quer valorizar algo, o que promete? Quando um presidente de câmara requer apoio, de que fala? De mais milhões. Sucede que muitos milhões mal gastos não servem de muito, e muitos se perguntam no interior para onde foi tanto milhão para tão pouco resultado.”
(…)
Temos uma visão infraestrutural do progresso. A teoria é simples e diz que não há mais gente no interior porque não há mais infraestruturas. Quando um governo quer desenvolver um território, o que anuncia? Quando um presidente de câmara pede atenção, o que pede? Mais infraestruturas. Sucede que as infraestruturas não chegam para trazer pessoas e temos um interior cheio de infraestruturas, com pavilhões e piscinas e centros de congressos e rotundas e pontes e viadutos e sedes associativas, tudo isso mas sem gente.
Em terceiro lugar, porque temos uma visão municipal do interior. Não se olha para ele como um território com três ou quatro centralidades motoras, mas antes como uma federação de concelhos ou uma liga de comunidades intermunicipais. Quando um governo anuncia algo num sítio, o que faz? Apressa-se a prometer o mesmo no concelho do lado, satisfazendo as reivindicações do seu autarca.”
Leia aqui o artigo completo.

Share

Dez 07 2017

Passatempo

Publicado por João Espinho

Quem é que os Monda convidaram para actuar no espectáculo solidário a realizar no Pax Julia dia 8 de Dezembro às 21H30? Em que país nasceu? E que licenciatura tem?
Respostas na caixa de comentários (não serão publicados) com endereço electrónico válido.
Tente a sorte e ganhe um bilhete para o espectáculo.

PASSATEMPO ENCERRADO.
Respostas:

Katia Guerreiro
Nascida na África do Sul
Licenciada em medicina

Share

Dez 07 2017

Suicídio assistido no PSD

Publicado por João Espinho

“Luís Montenegro, ex-líder parlamentar do PSD, defendeu esta quinta-feira um referendo sobre a eutanásia. Numa altura em que o Parlamento se prepara para discutir e votar o tema, o deputado social-democrata sugeriu que só um debate alargado a todos os cidadãos podia dar legitimidade a uma decisão desta natureza.

Quando o diploma for a discussão, os deputados sociais-democratas vão ter liberdade de voto na matéria. Mesmo assim, o antigo líder parlamentar do PSD desafiou Rui Rio e Pedro Santana Lopes a clarificarem as respectivas posições durante a corrida à presidência do partido.”

Parece-me bem que haja um debate profundo sobre a matéria. Mas provocar um referendo será a melhor forma de discutir a eutanásia? Será o referendo a melhor forma de esclarecer quem tenha dúvidas sobre a matéria?

Share

Dez 07 2017

Diário do Alentejo

Publicado por João Espinho

Share